top of page

Quem é Jeon Jong Seo, atriz do novo filme da Netflix "A Bailarina"?

A atriz começou sua carreira, de muito sucesso, apenas cinco anos atrás, em 2018


Jeon Jong Seo, atriz principal de "A Bailarina"
(Reprodução / Harper's Magazine)

A Netflix lançou um novo filme de thriller e ação no início do mês, A Bailarina. A recepção do público foi estrondosa, pela qualidade do filme e do bom enredo apresentado, mas o que de fato chamou atenção dos telespectadores foi a atriz principal Jeon Jong Seo. A atriz também atuou na versão coreana de La Casa de Papel, outra produção da Netflix, e a sua aparência e talento fizeram com que as pessoas questionassem: “quem é ela e como não conhecemos antes?”. E o Café responde essas perguntas hoje.


O drama estreou no dia 6 de outubro na plataforma, mas teve sua grande estreia oficial no dia 5 de outubro no 28th Busan International Film Festival e chegou a alcançar o primeiro lugar em filmes mais assistidos da Netflix. A Bailarina tem como tema principal a vingança, e, nesse contexto, Jong Seo interpreta uma guarda-costas que tenta acabar com o chefe do tráfico sexual que causou a morte de uma das suas melhores amigas. Vale a pena conferir o filme e assistir Jong Seo atuando. Confira abaixo mais um pouco sobre a carreira dela:




Estreia com indicação ao Oscar


Jeon Jong Seo, atriz principal de "A Bailarina"
(Reprodução / W)

Jeon Jong Seo começou sua carreira nas artes cênicas a partir do estudo, diferente de alguns artistas do ramo - que começam a trabalhar e depois decidem aprofundar os conhecimentos nas universidades. Ela fez ensino médio na famosa Anyang Arts High School e logo em seguida foi para a Universidade Sejong estudar cinema. No meio da graduação ele decidiu largar a universidade e ir para a indústria para poder desenvolver livremente seu talento.


Seu primeiro trabalho da vida foi o que alguns podem chamar de sorte de principiante, mas por aqui chamamos de talento mesmo. Sua primeira audição foi para o filme Burning (2018), no qual ela passou e contracenou com Steven Yeun, conhecido por seu papel em The Walking Dead (2016). Esse filme foi o primeiro grande sucesso de Jeon, já que em 2018 concorreu ao Palme D’Or do Festival de Cannes, e também foi o primeiro filme coreano a entrar na pequena lista de Melhor Filme de Língua Estrangeira no Oscars.



Jong Seo de cara foi aclamada pelos críticos por sua atuação, especialmente por seu debut nas telas. Ela também garantiu o prêmio de Melhor Nova Atriz no Asian Film Critics Association Awards e foi incluída na lista das “15 Talentos Emergentes Internacionais”, do "The Hollywood Reporter”. Logo depois ela participou do filme The Call (2020), que também foi muito bem recebido pelo público e lhe rendeu mais um prêmio na carreira, o de Melhor Atriz no Baeksang Drama Awards.


Rainha do Suspense


Os seus principais trabalhos são dos gêneros suspense, thriller e ação e, por isso, fizemos uma seleção com alguns desses trabalhos para você poder ver Jong Seo em ação e conhecer um pouquinho mais sobre a atriz. Confira as sinopses:



Burning (2018)



Jong Soo (Yoo Ah-In) é um entregador, e um dia, durante o trabalho, encontra sua amiga de infância, Hae Mi (Jeon Jong Seo). No encontro, Hae Mi pede um favor ao seu amigo de longa data: cuidar do seu gato enquanto ela parte em uma viagem para o exterior. Na volta, ela traz consigo Ben (Steven Yeun), um cara que ela conheceu na África e que aparentemente é um cara legal e decente, mas ele tem um hobby peculiar - que em breve será revelado a todos.


O filme é um thriller e suspense e possui classificação indicativa proibida para menores de 14 anos. Ele não está disponível em nenhuma plataforma de streaming, mas deve ser possível encontrar em algum fansub ou outra plataforma de filmes e séries.



A Ligação (2020)



Seo Yeon (Park Shin Hye) é uma mulher solitária que recebe um telefonema estranho um dia, e essa ligação acende esperanças de que ela possa reencontrar seu pai. A parte estranha é que apesar de a ligação estar acontecendo no presente, a voz com quem ela fala é de 20 anos atrás. Agora, Seo Yeon se encontra envolvida em um mistério conectada por uma casa e a um assassinato cometido por uma mente psicopata. Ela então decide investigar mais a fundo o caso e entender o que está acontecendo e, principalmente, fugir dos perigos que a espreitam.


O filme é dos gêneros suspense e thriller e possui classificação indicativa para 16 anos. Ele está disponível na Netflix.




La Casa de Papel - Coreia (2022)



A série é um remake da série espanhola La Casa de Papel e acompanha um grupo de ladrões super engenhosos que decidem orquestrar o maior assalto da península coreana. Nesse mundo, a Coreia do Sul e do Norte são unificadas e, por isso, se viu a necessidade da criação de uma nova moeda - que a princípio parecia uma ideia ótima e promissora. Mas a realidade era bem diferente. Os mais ricos continuavam acumulando riquezas, enquanto os mais pobres ficavam cada vez mais pobres, e para se rebelar contra o sistema, o Professor (Yoo Ji Tae) reúne um grupo com as mais variadas habilidades para essa missão.


O drama possui 12 episódios es está disponível na Netflix. Lembrando que possui classificação indicativa, também para 16 anos.


A Barganha (2022)



Nessa série, pessoas que não se conhecem, ou possuem qualquer vínculo, são atraídas para encontros de sexo em um motel, e tudo devido a um grande esquema de tráfico de órgãos. Quando um dos grupos está prestes a ser assassinado, acontece um terremoto que derruba o hotel onde eles estavam e acaba com os planos dos traficantes. De repente, eles se veem tendo que lutar por suas sobrevivências em meio às adversidades do terremoto ao lado das pessoas que há pouco tempo estavam tentando matá-los.


O drama foi premiado em Cannes e conta com seis episódios, estando disponível no Paramount+. A série possui classificação indicativa e é proibida para menores de 18 anos.


Gostou de conhecer os projetos da atriz? Siga o Café nas redes sociais para mais conteúdos


48 visualizações

Comments


bottom of page