top of page

Lançamentos de K-pop em novembro de 2021: Confira o calendário de todos os comebacks do mês

Atualizado: 13 de nov. de 2021

Novembro traz o retorno de grandes nomes como TWICE, Kai, MONSTA X e Super Junior D&E, além de solos muito aguardados pelos fãs

(Reprodução/Google)

Depois de um outubro repleto de lançamentos aguardadíssimos como Alpha, novo álbum da CL, além de SAVAGE, de aespa, e o primeiro disco solo de Youngjae, o mês de novembro chega com novidades tão boas quanto o anterior! Com trabalhos de grupos consagrados na terceira e quarta geração de K-pop, o penúltimo mês de 2021 traz estreias de Super Junior, TWICE e MONSTA X.


Novembro também será marcado por estreias solo como Kai, do grupo EXO, no dia 30 de novembro, além de MJ, do ASTRO, Mark, do GOT7 e o esperado álbum de B.I, ex integrante do boygroup IKON. Para te deixar atualizado sobre todos os lançamentos, o Café Com Kimchi trouxe uma lista com todos os comebacks do mês — e vale mencionar que esta matéria será atualizada diariamente a cada novo anúncio, então aproveite este calendário!



THE BOYZ: “MAVERICK” (1 de novembro)

(Reprodução/Cre.Ker Entertainment)

O single-álbum de THE BOYZ, intitulado MAVERICK, chega às plataformas digitais logo no primeiro dia de novembro. Com o total de três faixas (Maverick, Hypnotized e Russian Roulette), o novo trabalho do grupo acontece apenas três meses após o sexto mini-álbum do grupo, mostrando que os rapazes não perdem tempo quando se trata de presentear os fãs com mais hits!


SUPER JUNIOR D&E: “COUNTDOWN” (2 de novembro)

(Reprodução/SM Entertainment)

Formada por Eunhyuk e Donghae, a sub-unit mais querida de Super Junior está de volta com o primeiríssimo álbum completo da carreira do duo. Depois dos discos The Beat Goes On, Style, Bout You e Danger, a dupla traz um novo trabalho composto por 10 músicas no total, incluindo ZERO, o single que abre a era e também terá uma versão totalmente em inglês.



B.I: “B.I HALF ALBUM [COSMOS]” (11 de novembro)

(Reprodução/131 Label)

Após a conturbada saída do grupo IKON, B.I está alçando vôos cada vez maiores como solista. Depois do lançamento do álbum de debut Waterfall, com participações de Lee Hi e Tablo, o novo disco Half Album [COSMOS] tem três versões com diferentes designs e conta com sete músicas inéditas.


TWICE: "Formula of Love: O+T=<3" (12 de novembro)

(Reprodução/JYP Entertainment)

Sucedendo ao lançamento estrondoso do single The Feels, totalmente em inglês, TWICE retorna com o terceiro álbum completo, batizado como Formula of Love: O+T=<3. A julgar pelo título, parece uma homenagem à base de fãs do grupo, conhecida como ONCE — e estes ficarão bastante satisfeitos, considerando que o disco conta com 17 músicas, uma quantidade muito maior do que a média esperada de um álbum de K-pop. A estreia marca um momento decisivo para TWICE rumo ao mercado internacional, cujas investidas bem-sucedidas têm sido convertidas em números impressionantes para o girlgroup nas paradas de sucesso fora da Coreia do Sul.



Lista completa de lançamentos de K-pop em novembro


01/11: 2AM "Ballad 21 F/W" — (álbum)


01/11: THE BOYZ "MAVERICK" — (álbum)


01/11: Red Velvet "Bad Boy" Remix — (single)


02/11: SUPER JUNIOR D&E "COUNTDOWN" — (álbum)


02/11: VIXX Leo "I'm Still Here" — (single)


03/11: LABOUM "BLOSSOM" — (álbum)


03/11: NCT 127 x KARTRIDER "Freeze" — (single)


03/11: ASTRO MJ "Happy Virus" — (single)


04/11: TO1 "RE:ALIZE" — (álbum)


09/11: ONEUS "BLOOD MOON" — (álbum)


11/11: B.I "B.I HALF ALBUM [COSMOS]" — (álbum)


12/11: TWICE "Formula of Love: O+T=<3" — (álbum)


12/11: GOT7 Mark "Last Breath" — (single)


19/11: MONSTA X "No Limit" — (álbum)


30/11: KAI "Peaches" — (álbum)


O que achamos dos lançamentos de outubro?

(Reprodução/Google)

O Café Com Kimchi não apenas informa, mas também traz opiniões sobre as estreias mais badaladas do momento — e em outubro, mês de debut do nosso site, trouxemos algumas reviews de álbuns e singles, todas acompanhadas com o nosso gráfico de xícaras de café, no qual 5 representa o valor máximo e zero, o mínimo. Dá uma olhada!


Youngjae: “COLORS from Ars” (5 xícaras)


“Youngjae mostra que sua essência não se dá apenas em uma única cor, tendo em vista que o álbum perpassa por diversos estilos e cada canção contém uma personalidade. No final, todas são as cores de Ars, 7 faixas impecáveis passíveis de agradar todos os humores e naturezas, passeando entre o pop dançante, a balada emocional e romântica e até mesmo um R&B sexy.” — leia a review completa de COLORS from Ars.


aespa: “SAVAGE” (3.7 xícaras)


“Para descrever o primeiro EP de aespa em uma palavra, definitivamente usaria "único". Sua marca de K-POP futurista é algo que parece completamente novo, é original, extravagante e peculiar. SAVAGE é um mini-álbum de estreia super experimental, com um som ímpar que pode não ser agradável para todos, mas se você gosta de algum ruído e experimentação na sua playlist de K-POP, vai com certeza gostar.” — leia a review completa de SAVAGE.



Luna: “Madonna” (4 xícaras)


"Com um ritmo envolvente, Madonna faz claras referências à Rainha do Pop que dá nome ao single. O refrão retoma os clássicos da cantora estadunidense, com uma sonoridade característica dos anos 80 — influência que, por sinal, está dominando o Kpop nos últimos anos. Já as estrofes representam as eras mais atuais da Madonna, muito voltadas ao pop eletrônico. As oscilações de ritmo, porém, não causam desconforto ao ouvinte e nem soam como experimentais. A voz da Luna "costura" a música de maneira impecável, demonstrando mais uma vez a maestria da artista em escolher canções que realçam seus dotes vocais." — leia a review completa de Madonna.


Enhypen: “Dimension: Dilemma” (5 xícaras)


"O que poderia ser uma mescla maluca de ritmos eletrônicos, ou uma experimentação que cabe (ou não deveria caber) à muitos grupos de hoje, o Enhypen opta por algo mais sofisticado. São músicas simples e diretas ao ponto, sem artifícios de breaks desnecessários para alguma performance aleatória no meio do stage. Elas dão vontade de apertar o replay." — leia a review completa de Dimension: Dilemma.


BLACK SWAN: "Close To Me" (2 xícaras)


"Close To Me é uma faixa de gênero pop dançante que, segundo a empresa que agencia o grupo, maximiza o encanto de BLACK SWAN, o que não é exatamente verdade, uma vez que a canção não mostrou realmente o melhor de cada integrante. Por mais que a DR Entertainment tenha divulgado que a música teve participação de pessoas que já trabalharam com artistas globais como BTS, BLACKPINK, Justin Bieber e Dua Lipa, não conseguiu passar a essência que o grupo porta." — leia a review completa de Close To Me.


CL: “+ALPHA+” (5 xícaras)


“Chaerin nos pega pela mão e nos faz viajar junto dela por todas as suas cores enquanto se fortalece e se solidifica como artista. Tendo sua personalidade e originalidade sempre em vista, +ALPHA+ sinaliza uma nova era para CL e com toda certeza a mantém no topo da elite do K-POP.” — leia a review completa de +ALPHA+.


SEVENTEEN: "Attacca" (5 xícaras)


"O nome Attaca sugere um conceito maduro, que acompanha a maturidade dos artistas que debutaram em 2015 e representam o kpop há mais de seis anos. A estética sóbria está presente em toda a estética do EP, nos ensaios fotográficos e no MV. Mas, apesar do nome sugerir uma certa agressividade, o que ouvimos no álbum é o contrário: uma coletânea de faixas suaves e que encantam até os ouvintes mais exigentes." — leia a review completa de Attacca.



172 visualizações

Comments


bottom of page