top of page

KAI 2021: Com 100M de views em "Mmmh", o que vem por aí do integrante do EXO?

Atualizado: 13 de nov. de 2021

Novo disco do cantor será lançado em novembro, e as expectativas estão apontadas para o que Kim Jongin poderá trazer de novo


(SM Entertainment/Divulgação)


Quando um artista do K-Pop debuta com um projeto solo, os olhos do público se voltam para o que esse k-idol está prestes a entregar. E isso se intensifica caso, por sucesso ou audiência, tal nome está prestes a realizar um comeback tão aguardado quanto o trabalho anterior. Aqui falamos do Kai, integrante do EXO, e o fato de sua title track Mmmh ter chegado na marca de 100 milhões de views no YouTube.




A canção faz parte do EP self-titled do cantor, que traz músicas inspirada no R&B e no trap. Conforme foi lançado, o videoclipe de Mmmh destacou-se entre os lançamentos de 2021 pela cinematografia de ponta, e por enfim apresentar ao mundo o que Kim Jongin poderia fazer sozinho. O efeito foi positivo, e o MV de Kai foi a primeira produção de um solista masculino da SM Entertainment a chegar na marca.



O recorde vem pouco antes do artista retornar com seu primeiro comeback solo. A atenção diante do anúncio foi tão grande na última semana, que as ações da SM tiveram um aumento de quase 10% na manhã da divulgação — algo que não acontecia há onze anos.




Dessa forma, a pergunta que fica é: o que Kai poderá entregar depois de praticamente um ano de debut solo? O que o público pode esperar de novo, e o que o cantor tem feito em 2021? É perceptível que as expectativas são altas, principalmente por envolver o trabalho de um artista que esteve em evidência.


Kai como embaixador do Seoul Fashion Week 2022


Por enquanto, essas perguntas são difíceis de responder. A SM tem o costume de esconder seus releases com muito sigilo, justamente para estimular a curiosidade e o interesse. Apesar disso, Kai seguiu com o nome em alta durante 2021, principalmente na moda.


Recentemente, o cantor foi escolhido como embaixador promocional do Seoul Fashion Week, para a divulgação das coleções primavera/verão 2022. Jongin já é querido pelos fashionistas há alguns anos, e não é novidade que seu rosto estampe capas de revistas do ramo tanto na Coreia quanto internacionalmente. Neste mês de novembro, por exemplo, o cantor será destaque da Elle Korea, com um editorial acompanhado de um entrevista exclusiva.



Além do mais, não há como não citar o branding acerca de seu nome. Atualmente, Kai é face da marca de cosméticos Bobbi Brown e da empresa de roupas Blackyak, mas seu principal trunfo está na Gucci. Em parceria com a grife italiana, Jongin divulgou em abril deste ano a coleção "Kai x Gucci", cujo design foi elaborado pelo diretor criativo Alessandro Michele. Esta foi a primeira vez que a marca colaborou com um artista sul-coreano, que também é seu embaixador global.



Na indústria do entretenimento coreano, o tempo aparentemente exige que os idols sejam multifacetados. Nesse sentido, Kai manteve seu status como cantor e performer, e simultaneamente aperfeiçoou sua imagem em outro setor; que é tão forte quanto o mercado fonográfico. Ao mesmo tempo que é um artista musical, ele também estabeleceu um nome dentro do que é visto nas passarelas.



O comeback de Kai estará no nível de seu debut ?


Como dito acima, é difícil de captar agora como o retorno de Kai será. Entretanto, seus visuais e estilo como solista são diferentes do que é visto no EXO, e no grupo SuperM. Há singularidade em cada projeto musical de Jongin, que é justamente o que o destaca no K-Pop: é um idol que se transforma para os seus lançamentos.


Espera-se, ao menos, que a produção e as performances de ponta continuem. No EP Kai, produtores como Mikey Daley (responsável por músicas do NCT 127, Baekhyun, SHINee e outros) e Cha Cha Malone estiveram envolvidos, e o projeto foi complementado pelo curta-metragem FILM: KAI: um medley das músicas do mini álbum junto dos movimentos de Jongin como main dancer.



Vale pensar também na possibilidade de Kai colaborar com novos produtores também. Antes de seu lançamento como solista, o cantor teve uma música composta e produzida pela dupla Blaq Tuxedo: Confession, apresentada durante a quinta turnê do EXO. O Blaq Tuxedo tem na bagagem outros projetos de produção com a cantora Doja Cat, por exemplo, e seria instigante vê-los outra vez na volta de Jongin.


Em detalhe, ressalta-se que Confession tem o integrante Chanyeol como um dos compositores, e o Blaq Tuxedo já colaborou com o Lay também.



O segundo álbum de Kai (ou o popularmente conhecido pelos fãs como KJI2, ou KOLO 2) está logo na porta. Ainda cheio de mistérios, claro, mas aparecerá para o público daqui um mês. E o que o próprio artista tem a dizer sobre o lançamento?



Para Kai, ainda há muito para ser expressado em seus projetos, e o próximo disco conterá apenas sua voz também, sem collabs. De acordo com as palavras do artista para a Elle Korea, as canções solo são uma maneira de extrair interpretações de si mesmo, e colocar para fora o que está sentindo. Jongin também reconhece que cada lançamento solo do EXO é ímpar, e que a performance depende do membro em questão:


Acho que não ter artistas convidados será o caso do próximo álbum também. Uma coisa que aprendi com meu trabalho depois de dez anos, é que mesmo que eu sugira algo para as pessoas (os envolvidos no projeto), a interpretação depende totalmente do indivíduo. Quero extrair interpretações diversas e a curiosidade das pessoas.

(Elle Korea/Divulgação)

Até o momento, o comeback de Kai está programado para o final de novembro. Novas informações serão divulgadas ao longo das próximas semanas.


Atualização:


A SM Entertainment divulgou que Kai voltará no dia 30 de novembro com o álbum Peaches. Este será seu 2º mini álbum.



145 visualizações

Posts Relacionados

Comments


bottom of page