top of page

COSMOS: B.I retorna em busca do amor eterno e mostra seu poder com músicas intensas

Atualizado: 5 de fev. de 2023

Primeira parte do álbum mistura mensagens profundas e reafirma o talento de B.I para grandes produções


(Divulgação/ 131 Label)

COSMOS marca o retorno de B.I nesta quinta-feira (11), sendo o segundo álbum lançado por ele em 2021. Com 7 faixas no total, uma exclusiva para CD, o rapper manteve o alto nível de qualidade de seus trabalhos. O rap e Hip-hop característicos de B.I estiveram presentes em todas as canções, misturadas com outros gêneros e diferentes mensagens.


O disco é descrito como "o amor que faz sonhar com a eternidade e dar tudo sem nada em troca", abordando tópicos como a paixão e a liberdade. Não é uma novidade saber que B.I foi o letrista e compositor de suas músicas, sendo o único letrista de todas, com exceção de NERD, que contou com a participação do cantor Colde.




Vale lembrar que em toda sua carreira, B.I esteve empenhado em escrever suas próprias músicas, e inclusive, para outros artistas. Ele recebeu destaque pelos trabalhos de alta qualidade, que inclusive, já lhe renderam o prêmio de Songwriter of the Year no Melon Music Awards 2018. Na ocasião, se tornou o primeiro idol masculino a receber o prêmio. Até o momento, apenas ele e a cantora IU possuem essa enorme conquista entre os idols.



COSMOS recebeu uma organizada e detalhada divulgação. A 131 Label, agência do artista, publicou um vídeo intitulado de “What is Your Cosmos?”. A pergunta se refere a qual seria a coisa mais importante para a pessoa. Foram reunidos atores que trabalham com B.I para responderem a pergunta do título. Respostas como: mãe, saúde e dança, foram ditas pelos convidados. No fim, deixou um mistério sobre qual seria o Cosmos do cantor, estimulando os fãs a aguardarem pelo álbum.


A partir disso, iniciou-se uma série de publicações de dois pôsteres para cada faixa, dando alguns indícios de qual caminho cada uma seguiria. Junto com os photo teasers, também foram divulgados o Message Film como uma prévia das canções.


Qual é o seu "Cosmos"?


Em COSMOS, B.I atingiu as expectativas e mostrou novamente sua competência como artista. Desta vez, trouxe um Alternative Rock, com melodia mais tranquila e romântica como faixa-título. O lançamento é uma música que pode facilmente ser ouvida em qualquer momento do dia pela calmaria transmitida. O cantor teve êxito em refletir seus sentimentos através da title.


COSMOS recebeu um Music Video sonhador e romântico, onde vemos B.I dividido entre o real e o fictício, enquanto busca pelo seu amor. Na realidade, ele observa as pessoas ao lado de suas paixões, fazendo-o ansiar pelo o encontro com a sua. Como um sonho, B.I transita do real para um universo romântico criado por ele, quando seu lado apaixonado o leva a imaginar um momento feliz ao lado do que tanto buscava.


No fim, vemos B.I retornar para casa e escrever para seu Cosmos, deixando todos intrigados novamente para saber qual seria o amor eterno do rapper. Os IDs - nome do fandom do cantor - foram peça fundamental para a inspiração da title. Segundo B.I, eles o fizeram entender o significado do termo "para sempre”. Por isso, foram representados no MV pela atriz que atua como o amor do rapper.



A mistura de mensagens da tracklist


Em relação ao álbum, a faixa de abertura é bem distinta de COSMOS. No primeiro instante, o instrumental leva o ouvinte a crer que estará diante de uma música mais lenta, mas logo é capturado pelo rap intenso em Alive.


Para aqueles que buscarem a fundo sobre a música, encontraram a genialidade do rapper ao trazer referência do filósofo Nietzsche, partindo do princípio de que não é possível derrubá-lo com facilidade, e que pode encontrar alegria nas adversidades. Para ilustrar isso, a canção fala sobre perdas e como às vezes é necessário perder tudo para se sentir verdadeiramente livre e vivo.


Se você quer sentir uma nova liberdade sem pisar nela / Você precisa perder tudo que você tem


Em NINETEEN, é passada uma atmosfera diferente, a segunda b-side tem uma sonoridade mais alegre, principalmente no refrão. Assim, como a title, NINETEEN tem potencial para ser uma música tranquila e ideal para ser ouvida a qualquer momento. Segundo o cantor, a música foi feita a partir da combinação de várias partes que havia escrito ao longo dos dias.


Na letra, B.I retrata a situação em que muitos jovens já atravessaram, as responsabilidades precoces. Com 20 anos, já são vistos como adulto e, consequentemente, pressionados pela sociedade a tomar grandes decisões. A liberdade é simbolizada pela época em que se tem 19 anos. A faixa transmite a vontade de retornar aquela idade sem se preocupar com as pressões e poder viver livremente.


Eu não quero ser responsável por nada / Eu não quero estar profundamente na frente do amor / Eu não quero ser um pobre adulto / Meu coração ainda tem dezenove

Em NERD, B.I apresenta uma colaboração com o cantor e compositor Colde. A música em primeiro momento passa uma sensação de rapidez pelo instrumental e o rap de B.I. Mas logo é induzida a desacelerar pela voz tranquila e agradável de Colde seguida da de B.I no pré-refrão e refrão. A letra apresenta a triste situação de não ter coragem de confessar um amor e, a partir disso, viver em um dilema.


Esta é uma luta solitária / Este amor não me dá uma chance / Tenho medo de deixar essa confissão empoeirada como está / A vida já é baseada na emoção

Se na faixa anterior, B.I entregou sofrimento amoroso, em Lover, o rapper segue um caminho diferente. Apostando em um conceito mais sensual, a música encaixa com facilidade em sua voz, ao retratar uma provocativa história de amor, mas ao mesmo tempo perigosa e sem hesitações .


O amor é indistinguível da loucura / Não somos nós que somos loucos

B.I iniciou com força e soube finalizar da mesma forma. Quando você pensa que o álbum do pode melhorar, eis que chega em Flame. Logo nos primeiros segundos ela chama atenção por introduzir um instrumental diferenciado, e até com um toque nostálgico, que transita para o rap poderoso. Os versos ditos com tamanha intensidade dão uma forte presença a Flame no álbum.


Eu cheguei ao fundo do poço, mas boa sorte / Tentando adivinhar o quão alto irei / Eu sou teimoso mirando no sol

Apenas 6 músicas estão disponíveis nas plataformas digitais. Mas aqueles que adquirirem a versão física do disco terão a oportunidade de ouvir a sétima faixa, Buddy Buddy.




No geral, B.I soube ser perspicaz na produção de cada canção, fazendo os primeiros segundos de cada uma mudarem para uma sonoridade diferente, e assim, surpreender o público. As músicas se encaixam perfeitamente, e B.I conseguiu acrescentar ainda mais qualidade em sua discografia.


Segundo o artista, COSMOS não é um EP, mas a primeira parte de seu segundo álbum. A próxima ainda não tem uma data definida, mas ele deseja explorar várias novidades e trazer um trabalho tão bom quanto o atual.



77 visualizações

Kommentare


bottom of page