top of page

‘+ALPHA+’ é a materialização do poder de CL

Atualizado: 5 de fev. de 2023

Após postergar algumas vezes o lançamento de seu primeiro full-álbum, CL finalmente o apresenta de forma arrebatadora e deslumbrante


(Divulgação / Very Chery)

No dia 20 de outubro CL lançou seu tão esperado primeiro full-álbum intitulado +ALPHA+, este que tinha previsão de ser estreado em novembro do ano passado, mas que por perceber que haviam diversos aprendizados necessários para lançar o álbum, ela decidiu adiar. Em entrevista para a W Korea a rapper comentou:


Depois de trabalhar com uma equipe que criei sozinha, houve muitas coisas novas que aprendi e descobri. (...) O título do [meu] primeiro álbum completo é ‘+ALPHA+’. Significa ‘começar’, assim como ‘Fêmea Alfa’.

Desde 2019 CL vem trilhando seu caminho como uma artista independente e os fãs vêm antecipando seu primeiro álbum desde o fim do 2NE1, grupo que foi integrante por 7 anos. Já que, geralmente, os grandes artistas do K-POP são apoiados por grandes empresas multimilionárias e poderosas, a decisão de CL de tornar-se uma artista independente mostrou que as coisas seriam do seu jeito. Algo que é raro de se ver nessa indústria. E quase um ano após adiar sua estreia, CL finalmente se sentiu pronta para voltar à indústria e reivindicar seu lugar no topo dos artistas do K-POP.


Isso sou eu saindo da [minha] zona de conforto ao máximo. Esta sou eu lançando um álbum como uma artista independente. (...) Esta é definitivamente uma declaração [de alguém] que vem do mundo do K-POP e também [de] um idol.


O brilho de +ALPHA+


(Divulgação / Spotify)

O álbum começa com o single SPICY, lançado dia 24 de agosto, que traz uma produção cheia de personalidade e autoconfiança, a vibe da música lembra muito outras canções de CL como, por exemplo, Hello Bitches e The Baddest Female. A música com batida mais pesada, uma pitada de hip-hop, recheada de EDM e letra bem assertiva, CL demonstra seu poder e seu orgulho de ser quem é. Já na primeira estrofe da música ela diz “CL, esta é a líder alfa, corri por todo esse caminho sem parar, mas é apenas o começo agora, se você pensou que acabou, é apenas a ponta do iceberg”, mostrando que não veio para brincar.


É uma música que celebra apenas ser você mesmo. Para mim, ser coreano, ser asiático. Estou comemorando tudo isso e essa atitude. Apenas sendo eu mesma.

Não obstante, CL traz um MV incrível, com performance e produção surpreendente. SPICY é aquela música que te faz querer aprender a coreografia e gruda na sua cabeça que nem chiclete. Ela fez o experimental e acertou em cheio.



Seguindo pelo álbum, temos a segunda faixa Lover Like Me, que foi também um single pré-lançado e completo em inglês. Diferente de SPICY, Lover Like Me foca muito mais nos vocais de CL, traz uma vibe mais pop e com um refrão envolvente. A produção da faixa contou com a colaboração da cantora e compositora britânica Anne-Marie, conhecida por hits como 2002 e FRIENDS.


A música traz uma história de amor no qual a cantora repete diversas vezes durante a letra que será impossível encontrar alguém como ela, uma vez que ela é única e verdadeira. Lover Like Me estreou um MV onde a rapper está deslumbrante. A produção, os visuais, a escolha de figurino e de maquiagem, assim como o cenário, tudo ficou extremamente a cara de CL.



A terceira faixa Chuck traz majoritariamente rap e hip-hop com batidas fortes que trazem sensação de poder. Foi escrita por CL e mostra claramente a personalidade da rapper em todo seu desenvolvimento, o refrão é extremamente envolvente, não dá vontade de parar de ouvir.


Xai, quarta música de +ALPHA+, revela mais uma vez um lado diferente de CL como vocalista, ela que é conhecida pelo rap forte, quando apresenta uma canção desse formato nos surpreende – e da melhor forma possível. A batida mais lenta e com uma pegada mais para o pop nos abraça e nos faz encantar mais ainda por Chaerin. Ela nos apresenta a quinta canção Let It também cheia de vocal, com alguns trechos de rap – marca da artista – e com uma pegada groovy que nos lembra o pop dos anos 2000.


(Reprodução / Very Cherry)

Conversando com todo o álbum, a sexta faixa é a título Tie A Cherry que foi certeira. Repleta de tons de trap e pop, mesclando o vocal e o rap de CL, a canção demonstra perfeitamente o calibre musical da artista, principalmente por ser a principal compositora da música – como em praticamente todo o álbum. A letra da canção é ousada, com versos como “Eu posso amarrar uma cereja, olha, eu tenho uma língua de ouro, a química neste corpo, supervisão abra seus olhos, eu atiro para as estrelas”.


O clipe de Tie A Cherry mostra, mais uma vez, o poder de Chaerin e como ela consegue fazer as escolhas certeiras em suas produções. O visual do MV, a escolha dos cenários e figurinos, a maquiagem e toda a atuação dela durante a produção audiovisual deixam o público de boca aberta. Ela realmente veio para marcar e estabilizar mais ainda seu lugar no topo do K-POP.



Paradise, sétima faixa, traz muito trap e um beat bem mais low, assim como o rap bem executado, especialidade de CL. Seguindo na mesma linha, My Way, oitava música de +ALPHA+, vem com trap, rap e batida pesada cheia de atitude combinando com a letra que repete diversas vezes “Meu jeito, vou fazer do meu jeito” e sim, ela fez.


A nona faixa do álbum chamada Siren é focada nos vocais da artista, é mais uma nova cor de CL que ela apresenta no compilado. Com uma vibe mais lenta e cheia de emoção, a música te enfeitiça e te faz cair aos encantos de Chaerin, mais uma vez.



Por fim, +ALPHA+ termina com dois singles previamente lançados por CL: HWA e 5 STAR, que estrearam em 29 de outubro do ano passado, ambos com MVs. Foram incluídos no compilado que deveria ter sido lançado na mesma época, mas como dito antes, a artista adiou a estreia. As duas faixas mostram um lado incrível da rapper, foram muito bem produzidas e fazem você se sentir dominado pelo encanto de CL, finalizando o álbum com chave de ouro.



Depois de passar por muitas preocupações, correr atrás de autoconhecimento e de conexão com a própria alma, CL está, definitivamente, em seu auge com +ALPHA+. Consegue-se enxergar todo o esforço e dedicação que a artista colocou em toda a produção e caminhada para a estreia de seu primeiro álbum.


Chaerin nos pega pela mão e nos faz viajar junto dela por todas as suas cores enquanto se fortalece e se solidifica como artista. Tendo sua personalidade e originalidade sempre em vista, +ALPHA+ sinaliza uma nova era para CL e com toda certeza a mantém no topo da elite do K-POP.




95 visualizações

Comments


bottom of page