top of page

6 K-dramas políticos para quem gostou de "Queenmaker" da Netflix

Com enredos que abordam competição, relações de interesse e corrupção, as séries coreanas da lista mostram mais do mundo da política

Cena do drama político "Queenmaker", disponível na Netflix Brasil.
(Netflix/Divulgação)

Além dos romances clássicos e das histórias cheias de fantasia, os K-dramas que abordam política nos enredos também fazem muito sucesso com o público. Queenmaker, lançado pela Netflix em abril deste ano, chamou a atenção de quem gosta das produções do gênero, ao apresentar protagonismo feminino, muita tensão e conflitos com figuras envolvidas em assuntos do governo.


Em Queenmaker, Hwang Do Hee (feita pela atriz Kim Hee-ae) é uma respeitada consultora de relações-públicas que trabalha na campanha política de Oh Seung Sook (Moon So-ri), uma advogada de direitos trabalhistas, que pretende vencer a disputa para se tornar prefeita de Seul. E caso você já tenha conferido o dorama, o Café com Kimchi pode te ajudar a conhecer outros títulos tão bons quanto em estilo parecido! Confira a lista logo abaixo:




Designated Survivor: 60 Days (2019)


Após um atentado trágico no parlamento da Coreia do Sul que ocasionou a morte do presidente, o ministro da pasta de Meia Ambiente, Park Mu-jin (Jin Jin-Hee) precisa governar o país em meio ao caos, além de tentar restabelecer a ordem como o único do gabinete que sobrou na linha de sucessão.


O ministro, que não tem muita ambição na política, tem apenas 60 dias para manter as coisas em ordem até o início das eleições gerais. Enquanto isso, o líder da oposição cria armadilhas na tentativa de movimentar um impeachment, e a imprensa espera pela oportunidade de qualquer erro que possa derrotar Mu-jin. O drama Designated Survivor: 60 Days, da emissora tvN, possui 16 episódios e está disponível na Netflix.



Chief of Staff (2019)


Na produção da JTBC, o premiado ator Lee Jung-jae, de Round 6, interpreta Jang Tae-joon, um homem ambicioso que trabalha na Assembleia Nacional e que possui influência sobre os companheiros ao seu redor; algo que colabora para suas tentativas de chegar ao topo e enfrentar a corrupção. Para isso, o protagonista nem sempre joga limpo no ambiente político.


Chief of Staff mergulha em conflitos governamentais, jogos de estratégia, corrupção e as relações de interesse de Tae-joon com os demais personagens. A história possui 10 episódios e está no catálogo da Netflix, e vale dizer que a atriz Shin Min-A, protagonista drama Hometown Cha-cha-cha, está na série.





Assembly (2015)


Na história de Assembly, quando o personagem Jin Sang-pil (Jung Jae-young) e seus colegas de trabalho são demitidos, ele assume a frente do sindicato para defendê-los e tentar recuperar seus respectivos empregos. Mas o bom desempenho na luta trabalhista faz com que ele acabe ganhando um posto na Assembleia Nacional, e passe a enfrentar desafios que não esperava.


Com pouco experiência, Sang-pil conta com a ajuda de Choi In-kyung (Song Yun-ah), uma assessora inteligente que o orienta e ensina táticas para trazer mudanças significativas dentro do governo. Disponível para stream no Viki, Kocowa e Apple TV, Assembly possui 20 episódios no total.



O Bonde (2022)


Com dilemas morais e intrigas, o drama da Netflix O Bonde, lançado em 2022, acompanha a trama de Kim Hye-joo (Kim Hyun-joo), a esposa de um membro da Assembleia Nacional coreana que se envolve em um incidente gravíssimo para sua reputação, e que coloca a família sob os holofotes da mídia.


Quando a polêmica revela um segredo do passado que influencia o casal, isso afeta totalmente a carreira do esposo de Hye-joon, que é um deputado promissor no governo do país. A relação de ambos fica fragilizada, e suas vidas privadas são expostas; o que leva os dois a lidarem com as consequências juntos. O Bonde tem 16 capítulos no total.





The K2 (2016)


Na produção The K2, Kim Je-ha (Ji Chang Wook) é um soldado fugitivo que guarda um segredo de algo aconteceu durante sua estadia no Iraque. Ao retornar para a Coreia do Sul, ele é contratado para trabalhar como guarda-costas da família de um candidato à presidência.


Durante o novo trabalho, Je-ha se envolve com os problemas dos familiares que acabou de conhecer, que incluem traição, traumas, manipulação da mídia e várias intrigas. A produção da tvN possui 16 episódios, e você pode maratonar hoje na Netflix.




Mr. Sunshine (2018)


Também é possível aproveitar um bom dorama de época e ainda assim viciar num enredo político. Na trama de Mr. Sunshine, Eugene Choi (Lee Byung-hun) é um escravo refugiado da Coreia no período Joseon, que se torna um militar em missão diplomática nos Estados Unidos.


Ao voltar para o país de origem, se depara com um cenário político caótico e uma guerra iminente. Nisso, Eugene conhece Go Ae-shin (Kim Tae-ri), uma nobre revolucionária que luta pela Coreia em segredo, indo contra os papéis impostos pela sociedade para as mulheres. Você pode maratonar os 24 episódios na Netflix, e Mr. Sunshine entra para a lista de dramas que envolvem fatos reais da história da Coreia do Sul.



Gostou das dicas? Não se esqueça de conferir os demais conteúdos do Café com Kimchi, e nos seguir nas redes sociais!

326 visualizações

Comentarios


bottom of page