top of page

"Only Friends", o BL Tailandês que tem desafiado as convenções do gênero

Produção une atores conhecidos e surpreende fãs do gênero por fugir dos estereótipos e entregar muita química nas atuações


Elenco de Only Friends
(Divulgação/GMMTV)

A indústria dos Boys Love feitos na Tailândia sofre muito preconceito, seja pela temática das narrativas, atuações ou pelo próprio fato de retratar relacionamentos homossexuais, as produções são consideradas de má qualidade por muitos. E, apesar de terem bases parecidas, os BLs tailandeses são tratados de forma bem diferente das produções coreanas. Porém, cada vez mais, essa mesma indústria tem contornado as críticas e evoluindo positivamente em sua forma. Entre várias produções que furaram a bolha, como Kinnporsche e Bad Buddy, já citadas aqui no Café, temos um ótimo exemplo dessa evolução: Only Friends, o BL mais recente produzido pela GMMTV.


Estando em sua última semana de exibição, Only Friends tem deixado todos os fãs orgulhosos do trabalho feito - tanto pelas atuações, quanto pelo time de roteiristas e a direção dos episódios. Pelo elenco de peso, que conta com vários nomes já conhecidos por consumidores de BLs, como os atores Khaotung, First, Book e Force, e com tantas críticas positivas, a produção foge do lugar comum de tramas polêmicas, porém rasas, e têm entregado muito entretenimento para os amantes do gênero.



A novela perfeita


elenco da série Only Friends juntos posando para selfie

(Reprodução/GMMTV)


Assemelhando uma mistura de Malhação com novela das nove, em Only Friends temos grandes amigos que, a todo tempo, testam as barreiras entre amizade e romance. Mew (Book), Ray (Khaotung), Boston (Neo) e Namchueam (Lookjun) são um grupo de amigos que se juntam para fundar e gerenciar um hostel juntos, como um TCC do curso de Administração e Economia.


Namchueam e sua namorada April (Nonnie) tem, até então, o único relacionamento do grupo que é estável. Mew é o mais reservado de todos, sempre muito focados nos estudos e nunca se relacionou com ninguém, até que conhece Top (Force), um conhecido de seu amigo Boston, que chega com o pretexto de ajudar na parte de arquitetura e design do hostel. Entre drinks e conversas, Top acaba se interessando por Mew, e começa uma jornada para conquistar seu coração. Porém, o que quase ninguém sabe é que Top e Boston já tiveram um rolo no passado, e que esse encontro vai gerar mais problemas do que o previsto.


Enquanto isso, Ray, que tem um crush antigo em Mew, se sente cada vez pior com o desenrolar dos eventos, e, enquanto não consegue transformar sua amizade em romance, acaba se interessando por Sand (First), um jovem cantor que sempre está por perto no bar que frequentam. A história dos dois fica cada vez mais complexa, quando um caso de uma noite começa a se transformar em uma relação cheia de sentimentos e responsabilidades emocionais - Ray tem um sério problema com bebidas, e Sand não consegue se desvencilhar de seu novo amigo.


E, por fim, temos Boston, um jovem aspirante a fotógrafo e que não tem problema algum em assumir que gosta de casos de uma noite só. Ao conhecer Nick (Mark), um técnico de informática, eles entram em um relacionamento de “amigos com benefícios”. Porém, Nick acaba desenvolvendo mais sentimentos do que o combinado, e essa relação entre os dois é testada a todo momento.


Entre idas e vindas, em Only Friends, as amizades se confundem com sentimentos conflituosos, e é isso que traz vida e entretenimento pra narrativa. A todo episódio, o espectador se vê surpreendido com os acontecimentos da história, além da intensidade dos personagens. É um drama perfeito se você curte intrigas, bate boca e muita química entre os atores!


Elenco de milhões


Imagem promocional de Only Friends

(Reprodução/GMMTV)


A indústria dos BLs tailandeses é muito famosa por ter um sistema de entretenimento parecido com o que vemos entre os idols de k-pop, como já explicamos aqui no Café. Assim, empresas grandes de produção de BL’s, como Be On Cloud, Nadao Bangkok, Studio Wabi Sabi e principalmente a GMMTV, promovem suas obras não apenas através narrativa, mas também pelo elenco. Por exemplo, imagine só se o BTS fosse escalado para estrelar um K-drama? O sucesso seria certo. E, tendo esse pensamento, os produtores escalam os “casais” - que podem ser duplas já conhecidas pelo público, como podem também ser uma nova - e todo o marketing em cima da divulgação é muito centrado nesse casal que protagoniza a trama.


Porém, inovando na indústria, Only Friends tem não apenas uma, mas três duplas conhecidas pelo público, em que todos são os protagonistas da trama. Como coadjuvantes, temos aparições especiais de outros atores também já conhecidos, como Jennie Panhan, Mond e Drake. Assim, juntando um bom orçamento, uma ótima escolha e preparação de elenco, o resultado em tela e nas redes sociais acaba sendo bem positivo, o que incentiva à equipe de produção à continuar desenvolvendo obras que agradem o público, uma vez em que as repercussões nas redes, para os produtores tailandeses, é uma grande fonte de confiança para testar o produto sendo lançado.


KhaoFirst


KhaoFirst em Only Friends

(Divulgação/GMMTV)


Como um dos casais mais populares, Khaotung e First interpretam Ray e Sand, em Only Friends. Ambos tem sido muito elogiados pelos seus respectivos personagens, e a evolução da dupla pode ser vista pelos fãs, que os acompanham desde 2022, quando estrelaram juntos o BL “The Eclipse”. Antes de receber destaque, First teve como seu primeiro projeto “The Shipper”, em 2020, seguido pelo sucesso “Not Me”, em 2021, e “Moonlight Chicken”, em 2023 - sendo este último, mais um ao lado de Khaotung, como coadjuvantes. Já Khaotung teve sua estreia na indústria em 2018, em “Cause You’re My Boy”, e foi protagonista de “Tonhon Chonlatee”, em 2020.

Em entrevista para a revista Panorama, Khao explica como o relacionamento dos dois evoluiu. “Desde que começamos a trabalhar juntos, nos sentimos muito confortáveis um com o outro, e confiamos muito também em nossa relação”. “Na realidade, nos tornamos amigos depois de tudo, então é algo bem suave e confortável”, ele afirma. Sobre o que mudou desde seu primeiro trabalho juntos, em The Eclipse, para em Only Friends, Khao completa: “Em termos de trabalho, sinto que crescemos muito. Comparado com o ano passado (2022), esse ano, sinto que somos mais adultos, e que podemos aguentar mais coisas”, diz. Em Only Friends, eles vivem um casal de amigos/namorados e têm entregado muita química, choro e risadas para o público.


ForceBook


ForceBook em Only Friends

(Divulgação/GMMTV)


Além de um casal “novo” na indústria, Force e Book são também amigos de infância. Porém, sua primeira aparição juntos foi no BL “Enchanté”, de 2022. E, no início de 2023, eles também ganharam outro BL em que foram protagonistas, “A Boss and a Babe”. Também em entrevista para a revista Panorama, o casal explica como foi a transição de amigos para colegas de trabalho. "Foi bem surpreendente para mim", explica Force.


"Para mim foi quase a mesma coisa. Nos conhecemos desde o jardim de infância, e acabamos interpretando esses papeis juntos. Mas por sermos amigos de longa data, tudo pareceu bem mais fácil, porque pudemos nos comunicar melhor, por exemplo, quando tivemos alguma discussão ou até mesmo para entender melhor os personagens", Book completa.


Entregando muita química e uma dinâmica de personagens cativante, em Only Friends eles interpretam Mew e Top, um casal que passa por primeiras vezes, traições, vinganças e muita confusão para conseguirem se conciliar.


NeoMark


Neo e Mark em Only Friends

(Divulgação/ Amazon)


Neo e Mark, que interpretam, respectivamente, Boston e Nick, estreiam como primeiro interesse amoroso um do outro - se é que podemos chamar assim. Neo está na indústria dos BLs desde 2018, e assim como Khatung, também atuou em “Cause You’re My Boy”. Construindo uma carreira de personagens coadjuvantes em mais de doze dramas diferentes, Neo chegou em Only Friends com uma grande chance de apresentar sua evolução na atuação, e tem entregado tudo o que prometeu e mais um pouco, com um personagem fácil de ser odiado, mas que todos amamos odiar.


Mark, assim como seu colega, teve sua primeira aparição em I Promised You The Moon, em 2021, e, desde então, tem feito alguns papéis coadjuvantes. Seu personagem em Only Friends, Nick, tem conquistado o coração dos fãs, e muito disso é por sua dedicação ao personagem: Nick passa por poucas e boas para conseguir conquistar o coração de Boston, entregando muitas cenas de cortar o coração.



Equipe de diretores e roteiristas em sincronia


Diretores do BL Only Friends.

(Instagram / @ninewpinya)


Como toda grande produção, além do elenco, a equipe por trás das câmeras é fundamental para que o resultado final seja o melhor possível. Em Only Friends, temos um time de diretores, roteiristas e preparadores de elenco especialmente pensada para oferecer um BL que foge um pouco de várias convenções vistas na indústria.


É muito comum tramas com muita diversão e relacionamentos entre amigos de forma rasa. Porém em Only Friends, vemos que cada personagem tem uma intensidade específica, um background que funciona para que cada um tenha sua própria personalidade e que entregue tanto na dinâmica de amizade entre eles, quanto também que passe veracidade para o espectador. E essa escrita tem os créditos de "Den" Panuwat Inthawat e “Best” Kittisak Kongka, roteiristas da série. Den, além de roteirista, também foi o preparador de elenco de Kinnporsche, BL fortemente aclamado pela atuação e pelo desenvolvimento dos personagens.


ATENÇÃO: O texto abaixo pode conter SPOILERS da produção.


Ele também está escrevendo a Novel, que será lançada após a finalização da série. E em seu perfil no Twitter, conta que se inspirou nos personagens de Only Friends pensando também em suas experiências pessoais. “Tenho que admitir uma coisa: quando Ray dirige bêbado, tem que passar por um julgamento no tribunal e recebe a sentença de fazer trabalho comunitário, isso também foi minha experiência 3 meses antes de começar a escrever Only Friends”, ele relata após a exibição do penúltimo episódio, em que o público vê um pouco mais do personagem em trabalho comunitário em função do acontecimento relatado pelo roteirista. “Graças a Jojo [diretor], pude colocar no script. Por favor, não bebam e dirijam, pessoal”, ele aconselha.

Além disso, Best também foi um dos roteiristas de outros BLs aclamados pelo público, como Moonlight Chicken e Bad Buddy. A combinação de Best e Den com certeza foi um grande acerto para a trama de Only Friends, que, diferente de outros produzidos pela GMMTV, foi pensada para retratar assuntos mais polêmicos de uma forma menos estereotipada.


Parcerias antigas


Diretores do BL Only Friends.

(Instagram / @jojo_tichakorn)


“Jojo” Tichakorn Phukhaotong também é um grande fator para o sucesso do BL por ser diretor e participar da escrita do roteiro. Abertamente gay, o cineasta começou sua carreira em 2016, na websérie Gay OK Bangkok, que focava na vida de seis homens, gays, vivendo em Bangkok. Desde então, ele participou de outras produções emblemáticas no universo BL, como Mama Gogo (2020), que reúne um elenco de peso, e Never Let Me Go (2022). Além disso, o Jojo tem uma boa parceria com outro diretor famoso , Backaof “Aof” Noppharnach, que é diretor de produção de conteúdo da GMMTV, e foi responsável pelas produções de Bad Buddy (2021), A Tale of Thousand Stars (2021), e, lá no começo, de Gay OK Bangkok.


Assim, nessa parceria, os dois buscam trazer para suas produções representações diferentes do que se vê normalmente, buscando inspiração em suas próprias experiências e das pessoas ao seu redor, tirando a imagem de que personagens gays sempre são representados de certa forma ou que tenham um passado trágico, por exemplo.




Repercussão com o público

Atores do BL Only Friends.

(Reprodução / GMMTV)


Tendo lançamentos de episódios semanalmente pelo Youtube (a versão sem cortes pode ser vista em fansubs), os fãs de Only Friends acompanharam a evolução da trama com muito afinco nas redes sociais, principalmente, no Twitter. Após a exibição do episódio 10, inclusive, o Brasil ficou em primeiro lugar nos Trending Topics, e o BL acumulou mais de 272K de tuítes em vários países. Esse alcance do Brasil com os BLs não só tailandeses, como também os coreanos, tem resultado em várias oportunidades para os fãs brasileiros: só nesse ano, tivemos fanmeeting do elenco de ChocoMilkShake, a tour Wabi Love Latin com os atores Boun, Earth e Santa e, em dezembro, São Paulo sediará um encontro com First e Khaotung, promovido pela Highway Star.


Além disso, em entrevista ao portal The Standard, o CEO da GMMTV, Sataporn Panichraksapong, revelou que a presença e o engajamento dos fãs nas redes sociais é muito importante como um “termômetro” dos projetos que a empresa leva pra frente, ou não, como o modelo de empreendimento deles. “[...] Sempre que discutimos sobre trabalho, [os investidores] não perguntam mais sobre a avaliação da série. Eles perguntam qual o feedback da série. E incluindo nisso estão os eventos em shoppings, por exemplo, quando um grande número de pessoas compareceu. Essa é também uma das medidas que avaliam”, explica.


E novidade para os fãs brasileiros: o Brasil entrou na lista de países presentes no mapa de eventos internacionais da empresa, ou seja, espera-se que, no próximo ano, mais fanmeetings e outros eventos sejam anunciados pela GMMTV, no Brasil.


O último episódio de Only Friends vai ao ar esse sábado, 28/10, e você pode conferir tanto pelo canal oficial da GMMTV, no Youtube, como nos fansubs.


E aí, se interessou pelo BL? Já está acompanhando as intrigas do grupo de amigos mais complicado da Tailândia? Deixa aí pra gente nos comentários sua opinião sobre a produção!


168 visualizações

Posts Relacionados

Comments


bottom of page