top of page

129 itens encontrados para "squid game"

  • [Opinião]“Round 6: O Desafio” é a versão sem mortes de Jogos Vorazes, mas tão desumano quanto

    A crítica ao capitalismo proposta pela série original foi jogada no lixo com a criação de um reality que visa encenar um novo Round 6 com um prêmio milionário. Com o sucesso surpreendente de Round 6 ao redor do mundo, surgiu uma proposta de reality show semelhante ao idealizado na saga Jogos Vorazes. Desta forma, a Netflix decidiu reunir pessoas em uma grande arena com jogos que determinam o avanço dos jogadores e a “manutenção de suas próprias vidas”. A simulação da série original da Netflix já era algo comentado entre internautas antes mesmo do estabelecimento da ideia do novo programa de sobrevivência. No drama sul-coreano, personagens disputam uma grande quantia de dinheiro que pode salvar suas vidas miseráveis de diversas formas, com inúmeras motivações. No entanto, o jogo segue com mortes sangrentas e vem se mostrando muito além do que a proposta inicial. A trama é uma grande crítica ao sistema atual, cujas transações monetárias e o poder econômico regem a hierarquia da sociedade, além de questionar os limites da humanidade quando se diz respeito à própria sobrevivência. Os jogos distribuídos na arena de Round 6 são extremamente interessantes e bem elaborados, por se tratarem de versões perigosas de jogos e brincadeiras infantis, alguns tradicionais da Coreia do Sul — como o caso do doce dalgona — e outros populares em diversos países pelo mundo. Ainda assim, é no mínimo irônico o desejo de replicar as provas com participantes reais em uma disputa por dinheiro, mesmo que não envolva mortes reais. Leia mais: Wi Hajoon já era relevante antes de estrelar "Round 6"; conheça a carreira do ator Mas afinal, o que é Round 6: O Desafio? O mais novo reality show competitivo da Netflix é inspirado na competição na qual a série sul-coreana original tem como base. Deste modo, o programa conta com um total de 456 participantes que disputam um nada simplório prêmio de 4,56 milhões de dólares, o maior prêmio oferecido por um reality na história da televisão e do streaming. Apesar de a trama original da série envolver mortes reais de personagens, no caso do reality isso, obviamente, não acontece, mas os perdedores são atingidos por uma bala de tinta — semelhante ao paintball — ao fim de cada jogo, apenas na intenção nada compreensível de proporcionar uma experiência mais próxima possível do visto na série. As dinâmicas são as mesmas da série, mas também foram incluídos jogos inéditos para instigar os participantes e empolgar telespectadores. Os participantes são apresentados no decorrer dos episódios, nos quais suas motivações e desejos ao ingressar no reality são explorados na intenção não somente de criar um certo vínculo com o público, mas para expressar a diversidade de razões que levaram aquelas pessoas a se inscreverem. Contudo, dentre os mais de 400 participantes, somente um poderá sair como vencedor, e é neste ponto em que os traços mais individualistas, egoístas e competitivos da humanidade tomam o palco deste show de horrores. Leia mais: De SAG a Globo de Ouro: Todas as vitórias de Round 6 na temporada de prêmios em Hollywood Uma arena onde os jogadores não morrem, mas lidam com a crueldade humana Assim como em Jogos Vorazes, a proposta de Round 6 enquanto série é questionar os limites da humanidade em um sistema que não permite a sobrevivência igualitária de todos, além de demonstrar que o capitalismo e a ganância andam lado a lado, ao ponto de pessoas cometerem crimes contra seus semelhantes em prol da sede por dinheiro ou da vontade de sobreviver. Pensar na possibilidade de transformar obras como estas em programas competitivos reais — mesmo que sem mortes reais — ainda soa como absurdo. É como macular o sentido real da obra e desfigurar uma mensagem tão nítida que parece valer muito menos nas mãos dos grandes empresários do entretenimento. Do mesmo modo, utilizar da alegoria das balas de tinta para “matar” os perdedores do programa soa como algo absurdo, quase uma apologia a um crime nesse contexto. No decorrer dos episódios, é possível notar as mudanças no semblante, nas atitudes e na ambição dos participantes, tornando possível observar que, assim como mostrado no drama original, as pessoas parecem não estabelecer muitos limites éticos quando se trata de ganância. A crueldade humana é escancarada para os telespectadores, o que faz do reality uma espécie de experimento social que mostra até onde vamos por dinheiro em uma sociedade regida pelo poder econômico.

  • Park Hae Soo tem a carreira mais curta do que você imagina: Conheça os trabalhos do ator de Round 6

    Conhecido pelo papel em Squid Game, Park Hae Soo surpreende por não ter uma longa lista de trabalhos, Round 6, também conhecido como Squid Game, apresentou ao público violência explicita, os limites da crueldade Logo, o ator recebeu mais trabalhos para atuar em filmes até surgir a oportunidade em Squid Game (2021 investigar sozinho o caso e reúne Sung Eun Young (Seo Ye Ji de Eve) e Park Ki Hun (Kim Sang Ho de My Name

  • Wi Hajoon já era relevante antes de estrelar "Round 6"; conheça a carreira do ator

    A grande febre mundial "Squid Game", conhecida nacionalmente como "Round 6", fez o nome de Wi Hajoon A produção também tem Han Sohee no elenco, conhecida pelo trabalho em "My Name" e que, recentemente, A continuação de "Squid Game" ainda não tem data de estreia, mas a primeira parte está disponível na

  • Com Lee Jung-jae e Melhor Direção, Round 6 da Netflix vence Emmys e faz história no "Oscar da TV"

    Squid Game levou as estatuetas de Melhor Ator e Melhor Diretor e foi a primeira série de língua não-inglesa nomeada ao prêmio principal (Reprodução / Squid Game via Twitter/ The Associated Press) Na noite desta segunda-feira (12), Squid Game/ Round 6 fez história mais uma vez. Game' não seja a última série de língua não-inglesa a estar aqui no Emmys. [...] Uma cópia da tradicional boneca do dorama foi colocada no palco e, ao entrarem, a dupla de Squid Game

  • Por que doramas não costumam ter segunda temporada?

    Divulgação/ Netflix) Para quem caiu de paraquedas no universo dos doramas após o sucesso de Round 6 (Squid Game), My Name e tantos outros, uma pergunta é muito comum — por que os dramas coreanos possuem, na

  • Round 6: Entenda o motivo para o ator Lee Jung Jae não ir ao Globo de Ouro 2022

    Apesar do aumento de casos da variante Ômicron também ser uma justificativa, as polêmicas envolvendo o Golden Globe falaram muito alto O drama Round 6 foi, sem sombra de dúvidas, uma das produções sul-coreanas mais consumidas de 2021; talvez a mais consumida. Com tamanha visibilidade que o seriado conquistou, o projeto original da Netflix recebeu três indicações ao Globo de Ouro 2022. Contudo, o prêmio que funciona como um "termômetro" para outras premiações, como o Oscar, terá de se despedir de Round 6 na cerimônia de entrega. Nesse sentido, o ator Lee Jungjae decidiu não comparecer à noite do dia 9 de janeiro. Nesta semana, Jungjae uniu-se à opção da Netflix de não ir ao Golden Globe, conforme foi divulgado em comunicado no dia 5 deste mês, pela agência Artist Company. Segundo a companhia, que utilizou de uma fala breve na justificativa, a situação da Covid-19 no mundo (como o aumento da variante Ômicron) foi um dos motivos para o ator não ir. Apesar disso, o Globo de Ouro tem sido alvo de uma polêmica que já discorre há mais de um ano. Nisso, a premiação foi alvo de comentários em Hollywood — e não de apenas atores, mas de produtores e empresas — a respeito da falta de representatividade no comitê avaliador, e das alegações sobre corrupção na entrega dos troféus. Ele (Lee Jungjae) está imensamente grato por ter sido nomeado à categoria de "Melhor Ator em Drama", mas decidiu não ir à cerimônia. Ele reconhece que a Netflix não participará do Globo de Ouro, como tem sido noticiado ao redor do mundo. Jungjae também tomou sua decisão ao considerar outros fatores, como a situação da Covid-19 e os protocolos de quarentena. Como mencionado acima, Round 6 foi indicada três vezes, nas categorias "Melhor Série de Drama", "Melhor Ator em Série Dramática" (Jungjae) e "Melhor Ator Coadjuvante em Série de TV" (no caso, O Yeongsu). Mas a Netflix foi firme ao bater o martelo, e deixar de comparecer não apenas com o cast sul-coreano, mas também com seus outros produtos. Leia também: Por que doramas não costumam ter segunda temporada? Netflix é uma das empresas que está boicotando o Globo de Ouro 2022, que não será transmitido Além da Netflix, companhias como a Amazon e a Warner também resolveram boicotar o Golden Globe. Ainda, a própria emissora NBC, que transmitiria o evento, decidiu não fazê-lo; e por mais que a HFPA (Hollywood Foreign Press Association, composta pelos jornalistas que escolhem as atrações indicadas) tenha usado a variante Ômicron como justificativa, a cerimônia está manchada nos estúdios de Los Angeles. Ainda, é ressaltado que a imprensa internacional fez um denúncia de que membros da HFPA aceitavam "propinas", para que certas produções tivessem vantagem na vitória do Globo de Ouro. Viagens e presentes, por exemplo, estão na lista de subornos. E no caso da falta de representatividade, o comitê reportou que faria tal reforma, com um conselho de diversidade e pluralidade para as escolhas de produções; mas tal correção não conteve o boicote. Muitos atores e atrizes também recusaram convites para comparecer à cerimônia fechada (que é como acontecerá este ano, sem transmissão). E no caso de Lee Jungjae, a agenda do ator de comparecer ao Critic's Choice Awards, outra premiação que acontecerá em janeiro, também foi cancelada. Leia também: Calendário de janeiro: confira os lançamentos de dorama do mês Opinião do jornalista Tal decisão pode ser vista não apenas como respeito ao boicote justificável, como também ao próprio trabalho de todos os nomes sul-coreanos envolvidos em Round 6. Por mais que o Globo de Ouro tente corrigir seus erros em certos momentos (como no caso do filme Minari, que venceu na categoria de "Melhor Filme Estrangeiro" em 2021, mas foi uma produção majoritariamente estadunidense), há pouco espaço para erros óbvios hoje. Round 6 é uma obra merecedora de toda sua visibilidade, e sua presença deveria existir em premiações que de fato respeitam a criação e arte da Coreia do Sul — o que não é o caso do Golden Globe, e de tantas outras cerimônias que mascaram sua busca pelo buzz com categorias "representativas". O Globo de Ouro precisará correr contra o tempo para recuperar sua reputação.

  • Round 6: Qual dorama assistir que possa ser tão bom quanto a série da Netflix?

    Streaming traz boas recomendações para aqueles que se envolveram com a trama frenética de Squid Game gigante do streaming fez o anúncio que muitos estavam esperando, e agora, a trama frenética envolvendo o Squid Game vai continuar. doramas de ação, suspense e thriller que podem ser do seu gosto, e que te deixarão tão viciados quanto Squid Game deixou.

  • All of Us Are Dead: Quando o dorama da Netflix vai ter 2ª temporada?

    Produção estreou em janeiro deste ano, e alcançou milhões de espectadores dentro da plataforma de streaming (Netflix/Divulgação) Se você esteve por dentro dos lançamentos recentes da dramaland, já deve ter ao menos ouvido falar de All of Us Are Dead. O drama dos gêneros horror e suspense estreou na Netflix no fim de janeiro, e conforme saiu, foi amplamente bem-recebido pelo público; chegando a atingir mais de 124 milhões de horas vistas na primeira semana. Agora, a pergunta que fica é: All of Us Are Dead vai ter uma segunda temporada? Assim como em outros k-dramas, a Netflix não tem o costume de produzir muitas temporadas de um mesmo projeto (sendo Round 6 uma das únicas exceções atualmente). Contudo, ao levar em consideração a audiência, o engajamento nas redes e a boa receptividade, All of Us Are Dead já tem o aval popular para continuar. Leia também: Além de All of Us Are Dead: conheça 4 produções coreanas apocalípticas Quais são os planos da gigante do streaming, então? Continue lendo o post abaixo para saber tudo o que saiu até agora, e as informações que a Netflix já deu a respeito. All of Us Are Dead vai ter uma 2º temporada feita pela Netflix? Bem, a Netflix ainda não deixou claro se haverá mesmo uma segunda temporada do drama. Apesar disso, de acordo com o diretor da série, Lee Jae Kyu, All of Us Are Dead foi pensada para ter desenvolvimentos para além de uma única temporada. Nas palavras de Jae Kyu, a sequência inédita de episódios abordaria outro lado do apocalipse zumbi, além da sobrevivência dos estudantes da temporada 1. "Seria ótimo se pudéssemos fazer uma possível 2º temporada", disse. A história (de All of Us Are Dead) foi escrita com uma segunda temporada em mente. Então se ela fosse para acontecer, poderia haver mais enredos interessantes. Lee Jae-kyu (site Hypebae) O diretor de All of Us Are Dead ainda vai mais longe, e chegou a mencionar uma nova "raça de zumbis" numa sequência do dorama. Em declaração, Jae Kyu explicou que várias cenas e nuances do drama foram feitas propositalmente para serem continuadas. "Muitas escolhas de direção, ambientações e cena foram produzidas na intenção de expandir a história, incluindo novos zumbis imunes e imortais". Se a primeira temporada pode ser vista como uma apresentação da sobrevivência humana, a próxima vai falar a respeito da sobrevivência dos zumbis. Espero poder apresentar a ideia aos espectadores. Lee Jae-kyu (revista Marie Claire) A "pegada social" de All of Us Are Dead, presente nos primeiros episódios para tratar de questões pertinentes, continuaria. Assim, a série da Netflix também seguiria os passos de Round 6 e Profecia do Inferno, por exemplo, no que diz respeito à abordagem de discussões contemporâneas dentro de seus respectivos plots. "A origem do vírus zumbi foi introduzida na série como uma forma de destacar pessoas que se responsabilizam, e outras que não o fazem, quando um evento assim acontece; como a violência escolar, por exemplo. Apesar de ser outro thriller de ação com zumbis, penso que a série entrega aos espectadores a chance de pensar sobre que tipo de pessoa eles são." - Lee Jaekyu. Leia também: Clima do Amor: o que você precisa saber sobre o novo dorama de Song Kang e Park Minyoung Quantos episódios vai ter a 2º temporada de All of Us Are Dead? E quem vai estar no elenco? A primeira temporada de All of Us Are Dead tem doze episódios, todos disponíveis no catálogo da Netflix. Ainda não se sabe se a segunda temporada seguirá tal quantidade, ou se haverá uma variação no número de capítulos. A respeito do elenco, é difícil dizer quem continuará e quem saiu de vez do drama. Como o enredo aborda a transformação de humanos em zumbis, não é impossível que a Netflix tente trazer uma ou outra figura do cast de volta; além dos personagens que já ficaram vivos no final da temporada 1. Se o diretor de All of Us Are Dead pretende abordar mais o lado dos zumbis, quem sabe nomes inéditos constem no elenco da sequência. Leia também: Quer assistir só doramas e filmes coreanos? Confira os códigos da Netflix para encontrar no catálogo Quantas pessoas já assistiram a All of Us Are Dead no streaming da Netflix? Como mencionado anteriormente, o fator da audiência é sempre importante para a Netflix prosseguir com um projeto: e All of Us Are Dead foi um sucesso na plataforma. Nesse sentido, o drama figurou no Top 10 do streaming em 94 países (como consta no site Netflix Top 10 - Global), e no primeiro mês de transmissão, o dorama acumulou cerca de 470 milhões de horas assistidas. De tudo isso, 236 milhões de horas foram só na segunda semana de estreia. É possível dizer que a Netflix tem todos os fatores para dar sinal verde à 2º temporada de All of Us Are Dead. Há planejamento para a continuação, bons números, e espectadores fiéis de seus produtos originais. Round 6, outra gigantesca produção do streaming, virá com novos episódios também; e isso parece mostrar que a companhia está acertando ao dar atenção para o "hype" destes seriados. Dessa maneira, o público deve aguardar por mais informações neste período de hiato dos doramas. E você, está esperando pela temporada 2 de All of Us Are Dead?

  • De SAG a Globo de Ouro: Todas as vitórias de Round 6 na temporada de prêmios em Hollywood

    Sucesso da Netflix, o dorama Squid Game segue contabilizando prêmios do alto escalão do cinema; veja a lista no final da matéria (Instagram / SAG Awards) Que Round 6 (Squid Game) é um sucesso, todo mundo Foi o primeiro grande marco de Squid Game na temporada de prêmios de Hollywood. SAG Awards Mais recentemente, Squid Game levou três estatuetas na célebre premiação do Sindicato dos Os dois ainda dedicaram seus agradecimentos à equipe de Squid Game, que compareceu em peso à cerimônia

  • Lee Jung Jae diz que 2ª temporada de Round 6 'está a caminho'; Netflix deu o sinal verde em janeiro

    Ator de Squid Game diz ao receber prêmio para fãs 'ficarem ligados'; veja 3 apostas para a 2ª temporada do dorama (Google/ Divulgação / Netflix) No último domingo (06), o elenco de Round 6 (Squid Game) fez Na gravação, o ator não titubeou e mandou o recado: "Sei que há muitos fãs de Squid Game [ao redor] no Em entrevista para a revista Variety, Sarandos disse: "o universo de Squid Game apenas começou." Um deles é o Recrutador, cameo do incrível Gong Yoo que estrela o original da Netflix 'Mar da Tranquilidade

  • Reflexão e desconforto na Netflix: 5 doramas que exploraram temas sociais em 2021

    Round 6 (Squid Game) foi lançado em setembro de 2021 e logo se tornou o maior debut de uma série na plataforma Em meados de outubro, My Name estreou mundialmente com a atuação fenomenal de Han Sohee. Marcado por tensão do início ao fim, My Name provoca os telespectadores a questionarem o limite entre

  • Blue Dragon Series Awards 2022: Confira a lista de vencedores da premiação

    Leia Também - In The Soop: Saiba mais sobre o reality show com o Wooga Squad no Disney Plus Drama Melhor Dog Day Melhor Ator: Lee Jung Jae (Squid Game / Round 6) Melhor Atriz: Kim Go Eun (Yumi’s Cells) Melhor Dog Day) Melhor Atriz Revelação: Jung Ho Yeon (Squid Game / Round 6) TIRTIR Prêmio de Popularidade: Jung

bottom of page