top of page

[Crítica] No mundo real, o aespa está de volta com "MY World", um excelente mini álbum

Atualizado: 4 de jun. de 2023

Girlgroup da SM Entertainment fez seu retorno após 10 meses de hiatus; confira nossa crítica faixa por faixa


(Reprodução / SM Entertainment)


Nesta segunda-feira (08/05), o aespa lançou seu terceiro mini álbum, MY WORLD. O EP vem após dez meses de hiatus, quando o grupo se manteve ocupado com outras atividades, como shows e festivais, mas agora, elas estão de volta! A faixa-título, Spicy, assim como outras da tracklist, foram reveladas ao público alguns meses atrás durante os concertos da turnê SYNK: HYPER LINE, ocorrida no início de 2023.


Os MYs, fãs do aespa, esperavam um full álbum, mas o terceiro EP veio. Felizmente, esse trabalho mantém a qualidade que o grupo mostra nas title tracks e a estética que o público tanto associa com Karina, Giselle, Winter, e Ningning. O último lançamento do grupo, Girls, teve uma recepção morna. Dessa vez, o grupo voltou ainda melhor. Confira o que o Café com Kimchi achou de Spicy, MY WORLD, e das outras faixas logo após a publicidade.



Um pequeno adeus a Kwangya

(Reprodução / SM Entertainment)

Numa direção diferente do que estamos acostumados a ver, o aespa, dessa vez, não fala sobre Flat, P.O.S, Kosmos, SYNK… O grupo está no mundo real. A faixa que abre o mini álbum, Welcome To MY World (feat. nævis), foi usada como pré-lançamento e funciona também como um prelúdio do que está por vir. A capitalização em “my” é proposital, indicando que elas estão vindo para o mundo dos fãs. Sem referências ao lore, Welcome to MY World abre o álbum muito bem, trazendo uma sensação parecida com assistir a um filme coming of age, sentimento auxiliado pelo music video.




Em seguida, temos Spicy, a faixa título do EP. Se a entrada foi calma, o prato principal é mais… picante. O instrumental lembra as title tracks passadas do aespa, com batidas mais fortes e evocando um pop mais pesado. As integrantes brilham no MV super colorido e com várias referências ao K-pop dos anos 2000. O refrão é super grudento e divertido de cantar, trazendo uma tagline que vai ficar na cabeça dos ouvintes, principalmente por causa do challenge no TikTok.


(Reprodução / SM Entertainment)

O aespa está utilizando de duas estratégias promocionais interessantes: a criação de uma conta no Pinterest para postar imagens exclusivas e o lançamento de track videos curtos para as b-sides do álbum. Essas ações criam uma proximidade maior do grupo para com os fãs, além de trazer a oportunidade de lançamentos exclusivos e o aumento de ansiedade para o lançamento oficial do álbum. A conta aespicyclub toma inspiração do próprio fandom, que introduziu o conceito de aespacore — imagens que lembram a estética do grupo que têm uma qualidade menor e não são super produzidas —, em forma de publicidade.



Após a apresentação nos shows do início do ano, as b-sides foram muito aguardadas pelos fãs, e Salty & Sweet acabou virando a favorita. Ela incorpora os mesmos elementos de Spicy, como a mesma temática na letra, e o mesmo conceito girl crush. Mesmo com sua grandiosidade, ela não ultrapassa Thirsty, a estrela do EP. Thirsty é a segunda edição de Lucid Dream, faixa do primeiro EP, uma canção de paixonite que traz os mesmos sentimentos. Num ritmo quase sensual, o aespa te leva para uma viagem de apenas três minutos, mas que parece durar muito mais e não cansa. O track video desta também é interessante, mostrando as integrantes em situações de sitcom e fazendo referência à série Friends.


I'm Unhappy é o segundo destaque do álbum. Ela demonstra as qualidades vocais de cada membro de uma forma super interessante, com um refrão excelente e versos ainda melhores. 'Til We Meet Again é o encerramento clássico, uma balada mid tempo um pouco morna, mas que serve como um “até logo” para o mundo real. Talvez ela sirva como um indicativo de que o aespa voltará para seu lore no próximo comeback, uma promessa de que veremos aquele vocabulário em muito breve.




MY World é um trabalho excelente. Spicy e 'Til We Meet Again podem demorar um pouco a se entrelaçarem com o restante da tracklist, mas olhando o álbum como um todo, o saldo é mais que positivo. O EP é perfeito para os ouvintes que querem uma introdução ao aespa ou para aqueles que preferem um conceito menos chamativo. E aí, o que você achou do álbum? Conte para o Café com Kimchi nas redes sociais!



Nota: Lembrando que o papel da nossa crítica, independente de positiva ou negativa, é apontar elementos para você construir a sua opinião sobre aquela obra; seja uma música de K-pop ou dorama. Então, tá tudo bem concordar ou discordar de tudo o que a gente disse aqui, mas não esquece de dizer o que você achou desse lançamento nos comentários, no Twitter ou no Instagram do Café!


Ouça MY WORLD, terceiro mini álbum do aespa, abaixo:




92 visualizações

Posts Relacionados

1 Comment


Daniela Ferreira
Daniela Ferreira
May 12, 2023

Amei a review! Muito feliz de ver girl groups por aqui☕️🫶

Like
bottom of page