top of page

Music Bank no Chile 2022: Tudo sobre o festival de K-pop que traz a 4ª geração para a América do Sul

Atualizado: 4 de fev. de 2023

O grande evento acontecerá em 12 de novembro, em Santiago, e terá a presença de NCT Dream, The Boyz, (G)_IDLE, ATEEZ, TXT e StayC

(Divulgação/Noix Entertainment)

Após 10 anos desde a primeira edição no Chile, o Music Bank retorna para o país sul-americano em 12 de novembro deste ano. Organizado pela emissora KBS e a Noix Entertainment, empresa responsável por outros eventos como SMTown 2019 no Chile e a turnê “Eyes On You”, do GOT7, o evento terá NCT Dream, The Boyz, (G)_IDLE, ATEEZ, TXT e StayC como atrações principais.



Se você está pensando em juntar uma graninha e sair do país para ver seus grupos favoritos, confira tudo o que o Café Com Kimchi sabe até agora sobre o Music Bank no Chile. Vale lembrar que essa matéria vai ser atualizada conforme novas informações surgem, então fiquem de olho por aqui!


Preço dos ingressos e início das vendas


A equipe da Noix Entertainment revelou os preços do Music Bank no Chile, que vão de R$226 até R$1.036 ao total. As vendas começam em 14 de setembro, entre as 10h e 12h para membros VIP (Dreamers) e 13h para o público geral. Os horários aqui mencionados já estão no fuso horário de Brasília e os preços estão convertidos para o real e com a taxa já inclusa.


Vale mencionar que será possível pagar parcelado com cartão de crédito no site Ticket Master. Confira o mapa com as cores indicadas para cada setor e, abaixo, os valores convertidos dos ingressos.


(Divulgação/Noix Entertainment)

Dreamers (Área VIP): R$1036


Rapa Nui (assentos numerados): R$939


Océano (assentos numerados): R$712


Cancha: R$323


Cordillera: R$388


Galería Lateral: R$291


Galería Central: R$226


Áreas para pessoas com deficiência:


Cadeira de rodas "Dreamers" + 1 acompanhante + estacionamento: R$1036


Noix Care You "Dreamers": R$1036


Cadeira de rodas "Océano" + 1 acompanhante + estacionamento: R$712


Noix Care You "Oceáno": R$712


Todos os grupos vão se apresentar no mesmo dia?


Sim! O evento acontecerá apenas no dia 12 de novembro. Segundo a Noix Entertainment, não seria possível realizar mais de um dia de evento, por causa da agenda dos grupos. Ainda de acordo com a produção do festival, foi difícil trazer TXT e ATEEZ, enquanto The Boyz foi o primeiro grupo a ser confirmado na lineup. Quanto à formação do NCT Dream, que foi uma pergunta recorrente à equipe do festival, virão apenas cinco integrantes (sem Mark e Haechan).



Menores de idade podem entrar?


Sim, e sem a necessidade de algum adulto como responsável — exceto os menores de 12 anos. Os menores de 18 anos (e maiores de 12) são responsabilidade de seus próprios pais e, se quiserem ir sozinhos, podem. Vale mencionar que menores de 4 anos não pagam ingresso, apenas se os pais escolherem assentos numerados.


Quem será o MC do Music Bank in Chile?


Já adiantamos que não será ninguém dos seis grupos que se apresentam no dia 12. Em um spoiler divulgado pela Noix Entertainment, foi dito que o evento seria apresentado por um artista masculino. Além disso, a hastag deu a dica de que pode ser um ator de dorama. No dia 31 de agosto, anunciaram que Rowoon seria o MC oficial do Music Bank no Chile. Quem acompanhou os últimos doramas de sucesso da Netflix, o conheceu como protagonista de O Rei de Porcelana e Tomorrow. Há também quem o conheça pela música, já que ele também é integrante do grupo SF9.


Precisa de passe de mobilidade ou PCR negativo?


A partir de 1 de setembro, não é mais obrigatório fazer a validação de vacinas para entrar no Chile. Isso significa que o seu próprio comprovante brasileiro já está valendo para data do festival de K-pop e não haverá necessidade do passe de mobilidade, documento que permite que os viajantes entrem em bares, restaurantes, shoppings e outros locais fechados. As vacinas aceitas são: Janssen, CoronaVac (Sinovac), Pfizer, AstraZeneca, Moderna, Sinopharm, CanSino e Sputnik-V.


Viajantes não-vacinados precisam apresentar um teste PCR com resultado negativo, realizado em menos de 48 horas antes da viagem para o Chile. Quanto aos que estão inseguros que as regras do Ministério de Saúde do Chile pode mudar a qualquer momento, há a possibilidade de fazer um passe de mobilidade chileno mesmo sem necessidade. Basta entrar no portal MeVacuno e adicionar informações de passaporte, identidade e doses tomadas no Brasil.


2.026 visualizações

Comentários


bottom of page