top of page

Do cinema à música: 20 MV's de K-pop com referências a filmes

Atualizado: 4 de ago. de 2023

O Iluminado, Coringa, La La Land e outros longa-metragens de sucesso foram inspirações para grupos como TWICE, Girls Generation e TXT

(Reprodução/Google)

O K-pop é um dos gêneros mais interessantes em diversos aspectos que vão desde a musicalidade até a parte visual e conceitual. Podendo abordar temáticas relacionadas a datas, como natal e festas de Halloween — que rendem muitos dance practices com fantasias —, os videoclipes também podem buscar referências em outra paixão universal: cinema.



Muitos grupos de K-pop já utilizaram filmes como inspiração para os seus trabalhos, seja para combinar com a letra da música ou, simplesmente, para ser visualmente agradável e divertido. Afinal, uma das melhores coisas sobre a cultura pop é quando podemos conectá-las com diversas obras, fazendo teorias, comparações e análises. Por este motivo, o Café Com Kimchi preparou uma lista de MVs baseados em longa-metragens — muitos deles famosos e cultuados em todo o mundo.



What is Love? (TWICE)


Impossível não abrir a lista com What Is Love?, um dos exemplos mais emblemáticos quando se pensa na junção do K-pop com o cinema. O MV apresenta as nove integrantes do grupo TWICE caracterizadas como personagens de filmes e, como se não bastassem os visuais idênticos, os cenários também foram replicados. No clipe, é possível perceber referências a O Diário da Princesa, Ghost: Do Outro Lado da Vida, La Boum: No Tempo dos Namorados, La La Land: Cantando Estações, O Profissional, Pulp Fiction: Tempo de Violência, Romeu + Julieta e o clássico japonês Love Letter.



Chase Me (Dreamcatcher)


Dreamcatcher é um dos grupos de K-pop mais singulares da indústria e se destacaram musicalmente ao misturar o gênero globalmente famoso com o rock. No videoclipe de Chase Me, um de seus maiores hits, o girlgroup trouxe referências nítidas do clássico O Iluminado, dirigido por Stanley Kubrick. O MV conta com as famosas cenas no corredor, as gêmeas, as alucinações de um homem que remete ao personagem Jack Torrance e até mesmo a icônica cena da porta quebrada por um machado.



Dreams Come True (WJSN)


Lançado em 2018, o videoclipe de Dreams Come True, do grupo WJSN, é inteiramente similar à estética e elementos narrativos da animação japonesa Your Name (Kimi No Na Wa). Além da predominância das cores azul e lilás, o MV traz cenas na escola, momentos de desencontro entre as integrantes no metrô e até mesmo mostram um meteoro — evento astrológico que foi o grande responsável pela reviravolta no filme.



L.I.E (EXID)


Assim como em O Grande Hotel Budapeste, o MV de L.I.E também é ambientado em um hotel, mas essa está longe de ser a única semelhança do vídeo musical com o famoso filme. No clipe, as cinco integrantes do grupo feminino de K-pop são funcionárias no estabelecimento, usam os memoráveis uniformes roxos e se unem para causar alguns problemas.



Bad Love (Key)


Com seu bem-sucedido lançamento de 2021, Key entra nessa lista ao utilizar duas grandes referências do cinema. No MV da faixa Bad Love, o solista e membro do boygroup SHINee incorpora o Coringa de Joaquim Phoenix, reproduzindo as cenas do personagem na frente da televisão, vendo seu nome se tornar uma piada em rede nacional e, posteriormente, o próprio cantor aparece no programa — originalmente comandado por Robert De Niro no longa-metragem. No mesmo trabalho, o artista também traz inúmeros momentos que remetem à franquia Star Trek.



Kill Bill (Brown Eyed Girls)


Esse é autoexplicativo, já que o nome da própria música é Kill Bill, assim como o filme estrelado por Uma Thurman e dirigido por Quentin Tarantino. No MV, as integrantes do Brown Eyed Girls fazem uma introdução da história dentro de um hospital e o enredo começa a se desenrolar mesmo após uma passagem de quatro anos — mesmo período em que a personagem titular do longa-metragem ficou em coma. Até o último minuto, o clipe traz cenas de vingança, violência e, obviamente, muitos movimentos viciantes de dança, porque estamos falando de K-pop!



Hoot (Girls Generation)


James Bond é a nata da cultura pop, presente em diversos setores do entretenimento que vão desde jogos de videogame até filmes, onde foi interpretado por atores como Pierce Brosnan, Sean Connery e Daniel Craig. Já no videoclipe de Hoot, o personagem é vivido por Choi Siwon, membro do grupo Super Junior que faz participação especial na história contada por Girls Generation. Consideradas um dos maiores nomes da história do K-pop, as integrantes de SNSD fazem referência ao agente secreto com direito à vinheta misteriosa e as famosas sequências de portas se fechando.



Nap of a Star (TXT)


TXT faz parte da geração mais recente de K-pop, mas suas referências artísticas não se limitam a datas próximas. A grande prova disso é que o boygroup utilizou Viagem à Lua, um dos primeiros filmes da história do cinema, como pano de fundo para o clipe de Nap of a Star. O MV traz cenários espaciais, planos teatrais, a histórica luneta que acompanha a lua no cartaz do curta-metragem de Georges Méliès e as passagens de capítulos com design semelhante ao original.



Red Light (f(x))


Impossível não citar o grupo f(x) nesta seleção quando toda a era de divulgação do single Red Light foi inspirada por Laranja Mecânica. As cinco integrantes do girlgroup aparecem no clipe utilizando maquiagens assimétricas, roupas brancas, chapéus pretos e suspensório, como o protagonista Alex De Large (Malcolm McDowell) no cultuado filme de Stanley Kubrick. Além disso, alguns elementos visuais e conceituais do MV também remetem ao longa-metragem, como as silhuetas marcadas nas sombras, os cenários e, obviamente, a enegia caótica.



Hold (Winner)


Já pensaram em uma versão feliz e até fofa de Parasita? Winner soube como fazer isso! O grupo inspirou todo o MV de Hold no filme vencedor do Oscar 2020, abordando uma versão bem-humorada do longa-metragem. Ao invés das cenas carregadas de tensão, suspense e violência presentes na obra do diretor Bong Joon Ho, o videoclipe traz momentos adoráveis dos integrantes fazendo a maior bagunça em uma casa que não é deles. Além disso, também podemos ver referências como o romance entre aluna e professor particular, pessoas escondidas em espaços inimagináveis na residência e até mesmo ouvindo conversas através da parede.



Get Out (AOA)


Assim como What Is Love?, este é um MV com múltiplas referências cinematográficas. No videoclipe de Get Out, cada integrante do girlgroup AOA interpreta um personagem de adorados filmes. Entre os longa-metragens utilizados como inspiração estão Harry Potter, Legalmente Loira, Kill Bill, O Profissional, Bonequinha de Luxo, Romeu + Julieta, O Quinto Elemento e Tomb Raider.



First (Everglow)


Everglow vai parar no espaço no MV da música First, trazendo referências a Star Wars. Além dos visuais com coques, coldres e saias longas que relembram a icônica Princesa Leia (Carrie Fisher), o girlgroup de K-pop faz aparição nas estrelas, em estações intergaláticas e até mesmo fazem performances com um grupo de dançarinos vestidos de branco, como os conhecidos stormtroopers da franquia cinematográfica.



Tail (Sunmi)


No MV de Tail, Sunmi se inspirou na Mulher-Gato de Batman: O Retorno, lançado em 1992. Assim como a personagem Selina Kyle, interpretada originalmente por Michelle Pfeiffer, a cantora de K-pop tem problemas no trabalho, é jogada da janela pelo chefe e volta à vida após ser cercada por gatos. Após entrar em conflito consigo mesma até entender que ganhou habilidades especiais, a Mulher-Gato se vinga do homem que a matou, do mesmo jeito que Sunmi faz em seu clipe.



Sherlock (SHINee)


Ora ora, se não temos aqui um Xeroque Rolmes... Este é mais um dos casos em que a referência está nítida no título. No MV de Sherlock, SHINee traz referência ao detetive mais famoso da cultura pop, Sherlock Holmes — que, ao longo da história, já foi interpretado por nomes como Robert Downey Jr., Benedict Cumberbatch e Henry Cavill. A inspiração pode ser percebida tanto nas cores do videoclipe quanto nos elementos e objetos que nos lembram o trabalho investigativo.



Movie (BTOB)


Por que escolher só um filme quando podemos ter vários? É exatamente por isso que BTOB não perdeu tempo e preparou o clipe da música Movie de maneira mais fidedigna ao título da faixa e trouxe diversas inspirações de cenas e visuais dos longa-metragens Grease: Nos Tempos da Brilhantina, 007, Kill Bill, Pulp Fiction: Tempo de Violência, 8 Mile: Rua das Ilusões, Esquadrão Suicida e Jogos Mortais.



Wind Flower (MAMAMOO)


A cantora Hwasa é grande fã do cinema de Hong Kong e, por isso, podemos ver referências de múltiplos filmes do cultuado diretor Wong Kar Wai no clipe de Wind Flower, single de seu grupo MAMAMOO. Além da paleta de cores semelhante aos longa-metragens do cineasta, o MV conta com cenas inspiradas em Anjos Caídos, Amores Expressos, Felizes Juntos e 2046: Os Segredos do Amor.



Doom Dada (T.O.P)


Apaixonado por arte, vinhos e cadeiras, T.O.P é um cantor e ator repleto de referências culturais riquíssimas. Para o seu single solo Doom Dada, completamente em preto e branco, o rapper se inspirou em filmes cult como 2001: Uma Odisseia no Espaço, A Bruxa de Blair, Brazil: O Filme e O Gabinete do Dr. Caligari.



Bounce (Boyfriend)


De todos os MVs mencionados nesta matéria, é provável que Bounce, do grupo Boyfriend, seja aquele com a referência mais fácil de perceber. Isso porque nos primeiros dez segundos do vídeo já somos apresentados a uma sala decorada com os símbolos de Copas, seguidos de cenas em uma mesa de jantar em um lugar mágico, com coelhos, chapéus e cartas de baralho… E sim, é claro, estamos falando de Alice no País das Maravilhas.



Love Killa (Monsta X)


Todo mundo tem aquele vilão favorito que amamos odiar nos filmes. Se já são interessantes o suficiente nos cinemas, imagina se os integrantes de Monsta X os interpretassem em algum momento? Felizmente, graças ao MV de Love Killa, não precisamos ficar apenas no campo da ilusão, já que o boygroup caracterizou cada membro como os antagonistas dos filmes Hitman: Agente 47, Batman: O Cavaleiro das Trevas, O Silêncio dos Inocentes, Psicopata Americano, Clube da Luta e Drive.



Don't Hate Me (Epik High)


O grupo Epik High apostou na temática de terror e trouxe inúmeras referências consideradas assustadoras para o público cinéfilo. Tirando a caracterização de Lady Gaga e G-Dragon, que são um tanto inesperadas neste contexto, o boygroup de K-pop se baseou em filmes como Sexta-Feira 13, Jogos Mortais, Scarface e Chucky para o MV de Don't Hate Me.



617 visualizações

Posts Relacionados

2 commentaires


Im Nayeon
Im Nayeon
09 févr. 2022

WHAT IS LOVE DE TWICE ES MI FAVORITO!

J'aime
Nathalia Jesus
Nathalia Jesus
17 févr. 2022
En réponse à

Elas são maravilhosas!

J'aime
bottom of page