top of page

Conheça "De Volta às Raízes", novo drama da Netflix que fala sobre sonhos e reencontros

Atualizado: 4 de jan.

Com diretor de “Clima do Amor” e roteirista de “Hi Bye, Mama!”, drama aposta em comédia romântica intrigante 


Imagem promocional de "Welcome To Samdalri"
(Divulgação / Netflix)

No último dia de 2023 a Netflix estreou mais um drama! Welcome To Samdalri (ou De Volta às Raízes no título em português) já está disponível na plataforma e terá 16 episódios. A produção reúne Shin Hye Sun e Ji Chang Wook nos papéis de dois amigos de infância que acabam se reencontrando graças aos caminhos do destino.


A direção ficou com Cha Young Hoon, conhecida por trabalhos como Para Sempre Camélia e Clima do Amor, e o roteiro é assinado por Kwon Hye Joo, responsável pelo emocionante Hi Bye, Mama!. O drama que estava no ar nas televisões coreanas desde o início deste mês obteve sucesso e bons números de audiência no país, agora basta esperar para saber se irá conquistar o público estrangeiro também. 


Para os que ficaram curiosos com a nova aposta da plataforma, o Café com Kimchi separou as principais informações sobre Welcome To Samdalri. Confira após a publicidade! 





Enredo de "Welcome To Samdalri" fala sobre romances antigos, orgulho e pertencimento 


Na história de Welcome to Samdalri conhecemos Jo Yong Pil (Ji Chang Wook) e Jo Sam Dal (Shin Hye Sun), amigos de infância inseparáveis, nascidos e criados em Samdalri, mas que seguiram rumos bem diferentes. Yong Pil perdeu sua mãe ainda jovem, uma mulher que trabalhava como uma haenyeo (mergulhadora que colhe vida marinha) que acaba se envolvendo em um acidente devido a um boletim meteorológico errado. Depois do acontecido, ele decide se tornar um meteorologista a fim de proteger os anciãos de sua cidade natal.



Já Sam Dal, diferente de seu amigo que tem um orgulho de permanecer em sua cidade, é uma fotógrafa que não vê a hora de sair dali e se mudar para a grande Seoul. Com muito esforço ela alcança seu objetivo, muda o nome para Eun Hye e  chega ao topo depois de trabalhar muitos anos como assistente, mas tudo o que conquistou começa a desabar quando um escândalo envolvendo seu nome faz com que ela precise retornar a Samdalri.



Desolada por ter que voltar à estaca zero, ela precisa lidar com os moradores locais que ainda a conhecem como Sam Dal e não Eun Hye e a sensação de fracasso. Ao retornar, também reencontra Yong Pil e apesar de terem sido grande amigos, não se falam mais devido a um incidente que os separou. Mas estar de volta acaba trazendo à tona memórias opostas que cada um possui de um término vivido por eles, além de questionamentos que reacendem a afeição que tinham um pelo outro.


Com objetivos e personalidades opostas, o drama promete oferecer uma bela comédia romântica ambientada em uma região da ilha de Jeju. Com esta premissa de um personagem do interior e outro cidade, talvez o drama agrade quem gostou de produções como Hometown Cha Cha Cha por exemplo.


Conheça melhor o elenco


(Divulgação / JTBC)

Se você já é um fã de k-dramas já deve ter visto os protagonistas pelo menos uma vez. Ji Chang Wook é um veterano que está em seu segundo drama depois de ter ficado um tempo longe das telas, além de ser conhecido por produções como drama policial The K2 e O Som da Magia o ator conquistou prêmios por seu trabalho.




Shin Hye Sun também possui uma extensa carreira que conquistou popularidade após desempenhar o papel principal em My Golden Life (2017) e seguiu estrelando outros dramas como o sucesso Vejo Você na Próxima Vida e Mr. Queen. Além disso, também estão Kim Mi Kyung (Dra.Cha), Shin Dong Mi ( Passarela dos Sonhos) e Kang Mi Na (Hotel Del Luna e ex-integrante do Gugudan) também integram o elenco, estes como parte da família da fotógrafa Jo Sam Dal. 


Haenyeo: Quem são as mulheres do mar?



(Reprodução / Getty Images / Netflix)

Enquanto fala sobre reencontros e sonhos com dois protagonistas incríveis, Welcome to Samdalri tem como pano de fundo um aspecto cultural muito rico da Coreia do Sul: as Haenyeo, conhecidas como as mulheres do mar. Na história a mãe do personagem Yong Pil foi uma dessas mulheres mergulhadoras da ilha de Jeju que não costumam utilizar equipamento mecânicos e trabalham em uma área chamada de “fazenda marinha” e trazem o sustento para casa.




Essa é uma prática que vem desde a dinastia de Joseon e tem mais de 400 anos, fazendo com que elas façam parte da história da ilha e do país. A cultura das Haenyeo entrou na lista da Unesco de Patrimônios Culturais Intangíveis da Humanidade e já foi retratada em grandes exposições em museus, além de documentários. Durante o trailer do k-drama é possível ver momentos em que elas aparecem, então a produção também parece ser uma ótima oportunidade para conhecer um pouco sobre as Haenyeo.


E aí ficou curioso para assistir? Então segue o Café com Kimchi nas redes sociais para nos contar o que achou!

51 visualizações
bottom of page