top of page

Visto Hallyu na Coreia do Sul: O que você precisa saber sobre turismo para fãs de K-pop e doramas?

O governo sul-coreano pretende facilitar a entrada de turistas que desejam aprender sobre a cultura e a indústria de entretenimento do país asiático

(Reprodução/Google)

Já pensou em ter um visto que te permita ficar na Coreia do Sul, por mais de três meses, aprendendo sobre K-pop e doramas? A República da Coreia está introduzindo planos para aumentar — ainda mais — o interesse global em sua cultura, estilo de vida, entretenimento e economia. Com isso, está em andamento o desenvolvimento de um “visto Hallyu”.


Para entender o nome do visto, é importante saber que Hallyu significa, literalmente, “onda coreana”. O termo refere-se à popularização da cultura da Coreia do Sul dentro e fora do continente asiático, englobando produções como músicas, audiovisual, beleza, moda, gastronomia e tecnologia.


É previsto que mais informações sejam liberadas no segundo semestre de 2022, mas, enquanto esperamos, confira tudo o que você precisa saber sobre o visto Hallyu até o momento. Vale mencionar que esta matéria será atualizada pelo Café Com Kimchi sempre que surgirem novos desdobramentos sobre o assunto.


O que é o visto Hallyu?


O visto Hallyu tem o objetivo de possibilitar, na Coreia do Sul, a entrada de entusiastas e fãs estrangeiros da cultura e do setor de entretenimento do país. Ou seja: indo além do estudo do idioma coreano — que também pode ser realizado com o visto de estudante —, este projeto governamental é para quem deseja aprender sobre beleza, cinema, televisão, culinária e música no país asiático.


Esta categoria de visto é para quem deseja ficar na Coreia do Sul por mais de 90 dias. Com o prazo entre um a dois anos, os estudantes estrangeiros podem garantir o visto Hallyu ao se inscrever em algum instituto privado local relacionado a cultura ou entretenimento, como uma academia para aprender dança, culinária, teatro e até mesmo cursos sobre K-pop.



“O Ministério da Justiça tem pressionado pelo programa de vistos Hallyu com base na crescente demanda por educação sobre o conteúdo cultural da Coreia, para adicionar mais impulso à onda coreana e apoiar a cultura local e a indústria da música atingidas pela pandemia”, afirmou um funcionário do governo ao jornal Korea Herald.

Até o momento, a aprovação para o projeto do visto Hallyu depende da progressão (ou declínio) dos casos de Covid-19 no país. A boa notícia é que a Coreia do Sul já diminuiu as restrições para recepcionar estrangeiros. De acordo com o novo decreto divulgado em março, a viagem a turismo voltou a ser permitida para países que possuem acordo diplomático com o país — o Brasil é um desses. Além disso, não há mais necessidade de quarentena controlada para turistas completamente vacinados.


257 visualizações

Commenti


bottom of page