top of page

O K-drama "The Killing Vote" te faz questionar o poder da sociedade; conheça a série coreana

Atualizado: 12 de ago. de 2023

A produção traz questões cruciais sobre a verdadeira justiça que a lei faz e como a sociedade pode intervir nas decisões políticas


Kim Moo-Chan MooChan Park Hae-Jin HaeJin Joo Hyun Lim Ji-Yeon Jiyeon Fod Mask Máscara de cachorro Netflix The Killing Vote
Reprodução: Netflix

Prepare-se para uma experiência que desafiará seus conceitos sobre governança. Inspirado no Webtoon “National Death Penalty Vote”, o novo K-drama da SBS e Prime Video, "The Killing Vote", que estreia 10 de agosto, irá oferecer uma perspectiva única sobre o sistema de governo, entrelaçada em uma trama envolvente. Estrelando grandes nomes da atuação, Lim Jiyeon, Park Haejin e Park Sungwoong, a série não promete apenas o entretenimento, mas, também, uma profunda reflexão sobre o poder da sociedade.


A história, baseada no famoso Webtoon lançado oficialmente em janeiro de 2015, exibe uma luz ousada sobre o sistema de governo, mergulhando nas complexidades das decisões que moldam uma nação.



Na esperança da fidelidade à obra original, a trama gira em torno de eventos marcantes, nos quais cada cidadão tem a oportunidade de participar de uma votação nacional que decidirá o destino dos condenados à pena de morte. Com uma abordagem inovadora, o drama promete provocar discussões sobre ética, justiça e a responsabilidade de uma sociedade em determinar o destino de seus membros.


Lim Jiyeon, conhecida como grande vilã em “The Glory, assume o papel de Joo Hyun, uma policial que trabalhou na equipe de crimes cibernéticos da Agência de Polícia Metropolitana de Seul por 5 anos. A atriz, que agora vem ganhando maior reconhecimento nas telas, é mais conhecida por performar em teatros; além disso, é possível notar seu talento quando o assunto é ação, visto que participou de várias.


Park Haejin interpreta Kim Moochan, um policial egocêntrico, preocupado apenas com sua própria carreira de líder da equipe de investigação. No k-drama Man to Man, fez grande sucesso como Seolwoo, e, agora, está pronto para conquistar mais corações usando o terno básico de um policial galã cheio de estilo.


E o personagem Kwon Seokjoo, de Park Sungwoong, que era um famoso estudante de direito mas “manchou” a carreira ao matar o cara que estuprou sua filha e se entregar à polícia, recebendo o título de “professor”, pelos companheiros de prisão. O ator que ganhou o prêmio de melhor ator em um filme, com "The Dude in Me", promete dar aulas de senso não apenas para os prisioneiros.



A trama de The Killing Vote é considerada envolvente e inquietante




O desenrolar da trama começa quando o enigmático Dog Mask é introduzido. Intrigando a todos, ele lança uma votação pública para o celular de todos os cidadãos maiores de idade do país. Como uma espécie de pesquisa, a reviravolta ocorre após a revogação da punição por lei de um criminoso, gerando a questão: esse criminoso merece receber a pena de morte? Se a resposta ultrapassar a marca de 50%, uma virada chocante ocorre, onde o próprio "Dog Mask" atribui o poder de executor.


Este personagem foi até comparado ao protagonista Light Yagami, do famoso anime Death Note, por querer fazer justiça com as próprias mãos contra um criminoso e deixar o poder ter passado do limite. O cenário nacional fica tenso, e, é durante a perseguição e incansável investigação em busca do “Dog Mask” que os três personagens acabam se envolvendo. Mas o desenrolar dessa busca você descobrirá ao assistir o K-drama!



Quanto aos pontos para ficar de olho no drama, Lim Jiyeon ressaltou: "É uma obra interessante. Você será capaz de sentir as emoções"; já Sungwoong disse que "contém um desenvolvimento rápido [de cenas] e uma atuação apaixonada". Haejin completou: "O mundo está cada vez mais difícil nos dias de hoje. É apenas um drama, mas eu acho que quem assistir será capaz de mergulhar nele".


Do mesmo diretor de "It's Okay To Not Be Okay", Park Shinwoo, e roteirizado por Eom Seyoon, Jung Yipoom e Jo Yoonyoung, o drama que conta com 12 episódios, estará disponível a partir do dia 10 de agosto, com lançamentos semanais às 9 horas das manhãs de quartas-feiras (no horário de Brasília) pela SBS. Na Prime Video, apenas algumas regiões, e, por enquanto, o Brasil não está incluso.




332 visualizações

Comments


bottom of page