top of page

Choro livre: 6 doramas para desidratar de chorar na Netflix

As produções sul coreanas não deixam a desejar quando se trata de doramas capazes de emocionar seu público

(Reprodução/Netflix)

Os k-dramas possuem produções para todos os gostos, capazes de despertar nossas mais diversas emoções. Os triângulos amorosos que nos fazem rir, clichês românticos que nos deixam esperançosos e até os dramas policiais para quem gosta de uma boa investigação. Mas há também os doramas mais tristes e intensos, capazes de fazer qualquer um chorar sem perceber.


Se você não tem problema em derramar umas lágrimas o Café com Kimchi preparou uma lista de dramas na Netflix com histórias emocionantes. Então separe sua caixa de lencinhos e vem!




Hi Bye, Mama! (2020)


Imagine viver uma vida quase perfeita e de repente tudo se desfaz? É isto que acontece com a personagem Cha Yu Ri (Kim Tae Hee) de Hi bye, Mama!. A protagonista acaba se envolvendo em acidente fatal, ocasionando sua morte, mas por não conseguir passar para o outro plano, ela é capaz de observar como fantasma a vida de sua filha e de seu marido Jo Kang Hwa (Lee Kyu Hyung) na terra.


Ela acompanha de perto e sofre por não poder vivenciar tudo o que mais sonhou junto deles. A trama mostra o difícil processo que a personagem enfrenta em aceitar seu destino e entender a situação em que está. Apesar do tema sobre a vida após a morte, o drama trabalha a história com leveza e também possui momentos de alívio cômico.



Crash Landing On You (2019)


O dorama com selo de mais curtido na Netflix e que ganhou o coração do público! Pousando no Amor, título traduzido, conta a história de Yoon Seri (Son Ye Jin), filha de uma família rica coreana que acaba se envolvendo em um acidente no trabalho, fazendo-a cair de paraquedas em uma zona desmilitarizada entre as duas Coreias. Ela é encontrada pelo soldado e capitão norte-coreano, Ri Jeong Hyuk (Hyun Bin) e a partir de então ele e seus colegas de trabalho tentam enviá-la de volta ao seu país, sem reportar ao departamento de segurança da área.


A trama mostra como os dois desenvolvem um relacionamento e sentimentos um pelo outro ao conviverem juntos, além dos desafios de serem de países diferentes que estão teoricamente em guerra e de portanto viverem um romance proibido. A química dos protagonistas foi tão intensa que transbordou na vida real, resultando no casamento dos atores em março deste ano.




Mr. Sunshine (2018)


Para os que gostam de dorama de época, essa é uma ótima indicação! A história ambientada no período Joseon, fala sobre Choi Yoo Jin (Lee Byung Hun) um escravo da Coreia do Sul que fugiu para os EUA em um navio de guerra por volta de 1871. Anos depois ele se torna um oficial dos fuzileiros navais americanos e retorna ao seu país, onde conhece Go Ae-shin (Kim Tae-ri), uma nobre que luta em segredo em meio aos conflitos políticos de seu país e se nega a aceitar sua posição social pré estabelecida, indo contra tudo o que esperavam dela.


Choi Yoo Jin, que retornou com seu nome americano, Eugene Choi, se apaixona pela nobre Ae-shin e suas posições sociais diferentes dificultam a relação dos dois. Diferente da maioria dos dramas, este épico de guerra possui 24 episódios, cheio de tensão mas com espaço para o romance.




It's Okay To Not Be Okay (2020)


Este dorama conta a história de Moon Kang Tae (Kim Soo-hyun) um agente comunitário de saúde de uma ala psiquiátrica que é muito dedicado ao seu trabalho e aos cuidados de seu irmão mais velho que tem autismo, Kang Sang Tae (Oh Jung Se). O gentil cuidador conhece Go Moon Young (Seo Ye Ji) uma famosa escritora de contos de fadas infantis que não tem nada a ver com esse universo de fantasia feliz. Com uma personalidade marcante, ela é muitas vezes rude e egoísta, virando o mundo de Kang Tae de cabeça pra baixo.


O desenrolar da trama mostra como os dois personagens aprendem a lidar com as diferenças um do outro, por mais que tudo indique que eles devem se afastar. A história trata de assuntos delicados como traumas e transtornos de forma delicada e ajuda a entender as razões dos comportamentos dos personagens, mostrando a importância da empatia.



My Mister (2018)


Esse drama comovente conta a história de duas pessoas que estão passando por uma fase difícil na vida. Park Dong Hoon, interpretado por Lee Sun Kyun, do filme Parasita (2019), é um homem de meia idade e engenheiro em uma empresa de arquitetura, que passa por dificuldades no casamento e por conta disso passa a maior parte do tempo com sua mãe e seus irmãos. Já Lee Ji An, interpretada pela atriz e cantora IU, trabalha nesta mesma empresa e vive atormentada por um agiota, tentando buscar uma maneira de se livrar deste fardo.


A vida dos dois se cruza de forma inesperada e ao longo do tempo passam a dar força um ao outro. A trama fala sobre a solidão dos personagens, sobrevivência, os desafios da vida real e a importância do apoio e companhia.



A caminho do Céu (2021)


Essa obra de 2021 gira em torno de uma empresa conhecida como Move To Heaven, título em inglês do drama, que trabalha limpando e organizando os pertences de pessoas que já faleceram. Após a morte de seu pai, o jovem Han Geu Ru (Tang Jun Sang) conhece seu tio Cho Sang Gu (Lee Je Hoon) e ambos em processo de luto começam a trabalhar juntos na empresa como "limpadores de traumas".


A partir de então eles começam a descobrir as histórias ligadas aos mortos e seus familiares através desse trabalho de limpeza. O drama trata as questões do processo de luto, espiritualidade, família e compreensão da vida, além de demonstrar de forma delicada as emoções e particularidades dos personagens.










6.568 visualizações

Comments


bottom of page