top of page

[Entrevista] Inspirado por Baekhyun, Choi Suhwan do Produce X 101 trilha carreira solo no R&B

Atualizado: 19 de mar. de 2023

Ex-participante do survival da Mnet lançou o single Left On Read em 11 de dezembro e compartilha um pouco sobre seu caminho na indústria musical

(Divulgação / Studio Persephone)

No ano de 2019, o Produce X 101, famoso reality show de sobrevivência da Mnet, teve sua quarta edição, que, ao fim, debutou o grupo X1. Neste programa, um dos participantes foi Choi Suhwan, cantor e letrista sul-coreano, foi eliminado do programa no episódio 11, ficando em 28º lugar na competição. Apesar da eliminação, em 2020, o cantor lançou seu single pré-debut Starry Night, para no ano seguinte debutar com New Hero, iniciando, assim, a carreira solo e independente pela LYNNA Entertainment.


Neste ano de 2022, Suhwan lançou dois singles: Chance, em 18 de julho, e Left On Read, no dia 11 deste mês — a última sendo uma faixa R&B, característica do artista na indústria musical sul-coreana. O cantor participou da composição e escrita da música, com o objetivo de criar uma canção que retrata um homem que espera pacientemente que o coração da pessoa amada desenvolva sentimentos românticos por si.




Choi Suhwan é um músico extremamente dedicado e talentoso, com múltiplos talentos: ele canta, dança, toca instrumentos, atua e compõe suas próprias canções. Recentemente, participou do Festival Woori na França e chamou muita atenção do público, deixando sua marca no evento. Preparado para dar tudo de si em sua carreira musical, Suhwan conversou com o Café com Kimchi e contou um pouquinho sobre como vem sendo sua experiência na indústria. Confira a entrevista após a publicidade.




Antes de tudo, conte-nos um pouquinho sobre você e a importância do Produce X101 para a sua carreira.


“Sou Choi Suhwan, um artista solo. Fui trainee individual no programa Produce X 101, onde apresentei-me para o público pela primeira vez, e ainda estou ativo constantemente lançando músicas, tocando e me apresentando. Antes de aparecer no programa, eu era apenas mais um trainee, então acho que foi significativo estar no programa [para minha carreira]. Pude deixar as pessoas saberem quem eu sou e, graças a isso, posso fazer atividades como esta (ou seja, lançar músicas). Se houver uma chance, gostaria de aparecer novamente em um programa de concurso.”



Como foi o processo de produção do seu último lançamento Left On Read? O que te inspirou a escrevê-lo e escolher o conceito por trás dele?


“Quando recebi o guia de músicas, estava em inglês e a letra ainda não estava completa, mas o título estava lá 'Left On Read'. Dei uma olhada no significado em coreano (읽씹), que significa ler, mas não responder, então pensei que poderia expressar [a canção] com emoções da minha idade. Então escrevi a letra sobre um rapaz que tem um crush por uma garota e cria coragem para convidá-la para sair, mas ele não consegue nenhuma resposta, então está lá esperando ansiosamente por ela.


Entre todas minhas canções, apenas esta é sobre amor, então eu não queria falar sobre [o amor] de apenas um ponto de vista. Em termos de amor, acho muito importante respeitar o outro (emoção, sentimento, ideia, etc). Dessa forma, eu não queria retratar um homem que estivesse pressionando a garota para um encontro sem ter respeito por ela, quis mostrar que pode-se esperar calmamente por uma resposta, assim como olhar para trás e analisar seu próprio comportamento a respeito daquilo.”



Como estão indo as promoções do seu último lançamento? O que seus fãs devem esperar?


“Atualmente, estou promovendo meu álbum principalmente por meio de buskings. Quase não há transmissões de música em dezembro, então estamos tentando fazer essas transmissões e outros conteúdos diversos em janeiro.”


(Divulgação / Studio Persephone)


Qual é o passo mais importante que você deu em sua carreira? O que mudou para você?


“Acho que o maior ponto de virada para mim foi estar no Produce X 101. Por meio desse programa, pude conhecer fãs que gostam de mim e me acompanham até hoje. Caso contrário, teria sido difícil continuar meu sonho de ser cantor, não é mesmo?”



Quais são os temas que você mais gosta de escrever e cantar?


“Acho que gosto de músicas fáceis de ouvir, em vez de um determinado tema ou tópico particular. Quando escrevo letras, costumo colocar muito significado nelas. Espero que quem escuta minhas músicas possa ser confortado pelas letras que escrevi e espero que [o que escrevi] não machuque ninguém. Acho que [os sentimentos do público] é algo que as pessoas criativas sempre precisam se lembrar [na hora de compor].”




Quais são suas esperanças para o futuro de sua carreira solo?


“Espero poder aparecer em muitos shows e performar constantemente. Dessa forma, deixo o público saber mais sobre mim e também quero ver meus fãs com mais frequência.”



Você tem algum artista solo ou grupo da Coreia do Sul que te inspira? Quem?


“Eu gosto de Baekhyun, do EXO, quando se trata de cantar. Como cantor internacional de pop, Justin Bieber tem muitas músicas ótimas. Quanto à dança, eu costumo gostar da dança do Kai, do EXO, e do Jimin, do BTS.”



Agora conta pra gente qual é a sua collab "dos sonhos"? Escolheria um artista sul-coreano ou estrangeiro?


“Se chegar o dia em que eu puder colaborar com artistas que admiro, acho que será uma situação em que realmente realizarei todos os meus sonhos! [Mas], eu gostaria de poder colaborar com Justin Bieber.”





95 visualizações

Comments


bottom of page