top of page

"Anomalia": Alienígenas são abordados de forma original em novo dorama da Netflix

Atualizado: 14 de out. de 2022

Jeon Yeobeen de "Vincenzo" e Nana embarcam em uma aventura contra seres estranhos, leia a crítica


(Divulgação / Netflix)

Suspense, ficção científica e ação são alguns dos gêneros ideais para definir Anomalia - ou Glitch, um dos doramas lançados pela Netflix no mês de outubro. A trama coloca em cena Jeon Yeobeen e Nana como duas mulheres fortes e determinadas que correm atrás de algo incerto. Aqueles que gostam de histórias de alienígenas vão se envolver muito com essa produção, principalmente porque seu ponto alto é uma abordagem original, bem diferente do que costumamos ver sobre o tema.




A vez dos alienígenas e da ufologia chegou entre os doramas! O tema é pouco visto entre as produções de ficção científica coreanas, mas mesmo assim é uma ideia que vale a pena, e Anomalia chegou para provar isso. A produção é original, curiosa e cheia de adrenalina, fato que se dá pela química entre os personagens, equilíbrio entre os gêneros escolhidos e plot surpreendente.


O foco da história é Hong Jihyo (Jeon Yeobeen), uma moça de personalidade fria e misteriosa, que passa a ser assim após um evento traumático na infância. Ela não compreende bem esse acontecimento e vive assombrada pelo trauma que foi causado, assim prefere viver da forma mais cética possível, até que não tem mais escolha, a não ser enfrentar o seu passado, que retorna com tudo para sua vida.


Todas as suas paranóias começam a ganhar sentido quando seu namorado desaparece por longos dias, ela começa a procurá-lo e todas as pistas apontam para uma possível abdução por alienígenas, algo que usualmente não tem lógica para os seres humanos, mas sim para ela, que segue sua intuição até chegar em algo inesperado. Sua companheira nesta aventura é Heo Bora (Nana), uma entusiasta da ufologia, amiga de infância de Jihyo, por quem foi influenciada a admirar esse mundo. Bora é uma frustrada youtuber que tenta abordar fenômenos estranhos, mas nunca tem conteúdo, porém isso muda ao reconectar essa amizade.




Mais uma história de alienígena realmente vale a pena?


(Divulgação / Netflix)

Geralmente, as ficções científicas retratam aliens como uma ameaça para a humanidade, e dessa vez não foi diferente no início, mas com o desenvolver da história, eles são vistos de uma outra forma, são cultuados e adorados como verdadeiros deuses. Esse aspecto faz com que a história seja cativante e valha a pena. Porém até chegar nesse ponto tão interessante leva um tempo, o início é lento e demora para engatar para algo de fato atraente.


Anomalia passa a se desenvolver a partir do momento que percebemos que vai muito além de uma história de resgate. Ela se torna mais profunda, e é perceptível que apesar da complexidade, é ao mesmo tempo leve e descontraída. Embora o mistério domine a história somado a ação, existe também um alívio cômico que equilibra o k-drama proporcionado pelo carisma da dupla principal. Jihyo e Bora são duas personalidades diferentes que entram em conflito o tempo inteiro, porém ainda assim são pura química e de certa forma, diversão.



Algo que não passa despercebido é a atuação de Yeobeen, para quem a viu como Chaeyoung em Vincenzo, interpretando uma advogada animada e extremamente cômica, vê-la no papel de uma jovem tão misteriosa e fria, é de fato encantador. E ainda colocá-la junto com Nana, que se apresenta com irreverência e determinação, equilibra bem a trama.


Anomalia consegue trazer essa originalidade de uma forma misteriosa e até mesmo chocante, em que os seres humanos se tornam invasivos e hostis, tudo para proteger e elevar aquilo que acreditam. Embora seja uma história fictícia, o dorama pontuou isso de forma bem clara e interessante.


O dorama vale a pena, é uma grande viagem que se torna mais chocante e enigmática a cada episódio, e provoca a mente a pensar muito. Mas embora tenha um tom complexo, é bem divertido, e principalmente original.




Nota: Lembrando que o papel da nossa crítica, independente de positiva ou negativa, é apontar elementos para você construir a sua opinião sobre aquela obra; seja uma música de K-pop ou dorama. Então, tá tudo bem concordar ou discordar de tudo o que a gente disse aqui, mas não esquece de dizer o que você achou desse lançamento nos comentários, no Twitter ou no Instagram do Café!

189 visualizações

Comentarios


bottom of page