top of page

Review | "With YOU-th" é o TWICE em sua melhor forma: o grupo segue amadurecendo artisticamente

Girlgroup põe fim em muitas duvidas sobre sua passagem pelo K-pop em uma obra cujo brilho é incontestável





TWICE em imagem de divulgação do disco With YOU-th

(JYP Entertainment/Divulgação)


Olhar para a discografia do TWICE é instintivamente passar pela história do K-pop. Parece exagero, mas o grupo contém em sua fórmula os melhores aspectos desenvolvidos no pop sul-coreano desde a sua fundação. De um lado você tem a doçura, com músicas apaixonantes como What is Love?, CHEER UP e SINAL, de outro, maturidade: que é o momento atual em que elas se encontram.


Mas seria um erro dizer que, algum dia, o TWICE foi algo menos do que maduro. Pois para entregar as músicas mais divertidas e acessíveis do mundo, elas ainda estavam lá, prontas e destinadas a cumprir uma das tarefas mais difíceis de ser um idol: conquistar o público. E é inegável que, neste aspecto, elas conseguiram.







With YOU-th é a resposta


Hoje, porém, quando se trata de ouvintes coreanos, o TWICE parece permanecer em constante estagnação. É neste ponto que entra em jogo uma das questões mais difusas no K-pop: o dever de procurar captar o público, ou de fazer música independente dele? E parece que With YOU-th é a resposta.


Mesmo imerso nos padrões e na própria esteira de consumo, pode-se dizer que o TWICE realmente decidiu manter o foco em sua música. E se antes existia a reclamação de que os discos antigos atraíam pouca atenção além das faixas-título, agora está acontecendo exatamente o contrário, pois são os álbuns completos que chamam mais atenção do que a música principal e/ou de trabalho.


Leia também: [Crítica] TWICE retorna mais potente do que nunca com "Set Me Free"


Excelente sequência de lançamentos


Mas este não é um fato recente. Da extensa discografia do girgroup — principalmente com EPs —, a qualidade de faixas no pacote completo se mostra dentro da média desde 2019, com o mini-álbum FANCY YOU. Porém, é a sequência com Taste of Love, BETWEEN 1&2 e READY TO BE que mais representa esse lado do TWICE em lançar bons materiais.


E With YOU-th é um complemento ainda maior nesse sentido. Enquanto o pré-single I GOT YOU afia os sintetizadores retrô para chegar a algum lugar, a faixa-título, ONE SPARK, é tão destemida que o liquid drum n bass que guia o refrão parece empurrar a ponte para um caminho até então desconhecido pelo girlgroup. É como correr contra o tempo.






O ponto alto


Na sequência, RUSH, a primeira b-side de destaque, o ritmo descolado do jersey club ganha vida. E também fica mais aparente e acompanhado de uma delicadeza fugaz. A harpa do pré-refrão, com algumas batidas rítmicas, tocadas por breakbeats, soma-se aos vocais delicados — é um excelente exemplo de produção no K-pop.


Apesar disso, nada, absolutamente nada pode prepará-lo para o que vem a seguir. NEW NEW, a melhor b-side do grupo desde LOVE FOOLISH, de 2019, é um electro-pop vibrante, que tem um refrão tão cativante quanto suficientemente descuidado — é a sensação de estar no banco de trás, sendo pressionado pela força de arrancada, de um carro cujo destino são as estrelas.


As duas últimas faixas, BLOOM, com um R&B alimentado por 2-step garage, e YOU GET ME, até chamam a atenção. Mas With YOU-th pode terminar e começar em NEW NEW. Se havia dúvida dos caminhos que o TWICE buscou tomar frente à sua questão com o público estagnado na Coreia, este disco prova que independentemente dos resultados, elas estão corretas.




70 visualizações

Comments


bottom of page