top of page

Aniversário do TWICE: relembre a trajetória do grupo feminino que completa seis anos

Atualizado: 15 de nov. de 2021

Escolhidas a dedo em um reality, as nove integrantes se tornaram estrelas e representam o Kpop a nível global.


(Divulgação / JYPE)

O "jardim" mais belo da JYP Entertainment está de aniversário. O girlgroup TWICE, que debutou em 2015, completa 6 anos nesta terça-feira (quarta-feira, no horário sul-coreano). Formado por nove integrantes, o grupo é atualmente um dos maiores representantes do Kpop a nível mundial. Até dezembro do ano passado, o TWICE vendeu mais de 10 milhões de álbuns — e isso apenas na Coreia e no Japão.


O grupo foi formado a partir do reality Sixteen, que foi ao ar entre maio e julho de 2015. O segmento apresentou ao público trainees da JYP Ent. e, ao final do programa, nove delas foram escolhidas pelo fundador da empresa, o J. Y. Park, para formar a nova aposta da companhia. As selecionadas — que conhecemos hoje o TWICE — foram Nayeon, Jeongyeon, Momo, Sana, Jihyo, Mina, Dahyun, Chaeyoung e Tzuyu.


(Divulgação / JYPE)

No mesmo ano do reality, as meninas debutaram com a música Like Ooh-Ahh, com um MV super divertido que se passa em um apocalipse zumbi. O sucesso exponencial do grupo, no entanto, veio no ano seguinte, com o lançamento de Cheer Up, música título do segundo mini álbum. A faixa foi o single coreano com o melhor desempenho de 2016, e levou dois prêmios de Música do Ano para o dormitório das (então) rookies.

Após essa era, o TWICE continuou a desenvolver o que logo se tornaria uma marca registrada: as coreografias criativas, que “conversam” com as letras da música. Os comebacks seguintes perpetuaram o sucesso de Cheer Up. Músicas como TT, Likey e What is Love caíram no gosto não só do público geral, mas também de outros idols. Não é raro ver artistas dançando as coreografias do TWICE, ou partes isoladas como o refrão de TT ou o “shy, shy, shy” da Sana. O seu bias já dançou?




Em anos mais recentes, o TWICE começou a apostar em conceitos sofisticados que apresentam o grupo mais maduro e preparado para o sucesso internacional. Os comebacks em 2019 com Fancy e Feel Special introduziram aos fãs, os ONCES, essa nova vibe do grupo, que foi reafirmada em 2020 com More and More, e em 2021 com Alcohol free. O último lançamento japonês, Perfect World, também explora a maturidade, bem como a sensualidade das integrantes.


Entre tais eras, merece destaque o comeback com I Can’t Stop Me, faixa titular do álbum Wide Eyes Open. A música, com nuances de retro-pop e synthwave da década de 80, foi um sucesso estrondoso. Foi citada em mais de sete listas como uma das melhores músicas de 2020, inclusive na Billboard — cujos charts também confirmaram o bom desempenho do single. O MV de I Can’t Stop Me tem quase 370 milhões de views no YouTube, e a dança foi criada por Jonte’ Moaning, que coreografou a icônica Single Ladies, da Beyoncé.


Com seis anos de trajetória, o TWICE já se consagrou como um dos maiores atos do Kpop de todos os tempos. Mas quem disse que acabou? As meninas estão focadas, agora, na promoção de The Feels, a primeira faixa do grupo cantada totalmente em inglês. A agenda internacional para a divulgação do single incluiu performances nos Estados Unidos, no programa Good Morning America e também no The Tonight Show Starring Jimmy Fallon.


O grupo também está com um projeto especial para comemorar o aniversário de debut junto aos fãs. Ao longo dessa semana, o TWICE divulgou várias surpresas para os ONCES nas redes sociais, como vídeos e cartas escritas à mão pelas integrantes. E elas não param: o próximo lançamento já tem nome e data marcada. Doughnut, um novo single japonês, deve sair no dia 15 de dezembro. Estamos contando os dias!



236 visualizações

Comentários


bottom of page