top of page

Quem é Park Chanwook, diretor de "Oldboy" e outros grandes sucessos do cinema sul-coreano?

Conheça a carreira, inspirações e trabalhos futuros do grande cineasta que logo estará em um novo projeto da HBO e da A24

Homem grisalho não olhando para a câmera e mãos pretas atrás dele

(Reprodução/Oh Suk Kuhn)


Se você é fã de cinema, com certeza ouviu falar da volta de "Oldboy" aos cinemas 20 anos após seu lançamento. O filme icônico é de Park Chan Wook, diretor, roteirista e produtor muito importante para a indústria cinematográfica sul-coreana. Ele dirigiu grandes sucessos que hoje marcam e são referências para o cinema mundial. Conheça a trajetória do cineasta até aqui, quais são suas principais características e suas inspirações.


Antes de investir na sétima arte, Park Chan Wook se formou em Filosofia, porém, acabou decepcionado com o departamento e com a escassez de ofertas na área. Ele criou, então, um clube de cinema, publicando alguns artigos sobre cinema contemporâneo. Originalmente, Chan Wook planejava se tornar um crítico de arte, mas, após ver Vertigo (1958) do diretor Hitchcock, decidiu se tornar cineasta. Após a graduação, ele continuou a atuar como crítico durante um tempo; depois, se tornou diretor assistente.


Sua estreia como diretor foi com "The Moon Is... the Sun's Dream" em 1992. Hoje, Park Chan Wook é considerado um dos diretores de cinema mais populares e aclamados da Coreia do Sul. Para além de "Olboy", seus principais sucessos incluem "Sympathy For Mr. Vengeance" (2002), "Sympathy for Lady Vengeance" (2005), o aclamado "The Handmaiden" (2016) e "Decision to Leave" (2022). Ele também foi um dos produtores do hollywoodiano "Expresso do Amanhã" (2013), que foi dirigido por Bong Joon Ho.


"Decision to Leave", seu sucesso mais recente, concorreu ao grande prêmio na edição de 2022 do Festival de Cannes, e o longa venceu na categoria Melhor Diretor, coroando o trabalho de Park Chan Wook. O filme estrelado por Park Hae II e a atriz chinesa Tang Wei venceu mais de 15 prêmios na Coreia e fora dela, e o casal de protagonistas também foi contemplado nas premiações por sua performance.



O diretor é conhecido por seus trabalhos com temática de vingança. Chan Wook não tem medo de ser polêmico e fazer o inesperado, sempre inovando com cenas chocantes, violentas até grotescas. Seus filmes iniciais, especialmente, eram marcados por muita violência; porém, após se juntar à produção do longa anglo-americano "Segredos de Sangue" (2013), essa característica em seus trabalhos começou a diminuir, ao passo que as referências ao diretor britânico Alfred Hitchcock aumentaram. É fácil perceber, em seu repertório, óbvias alusões a clássicos como Psicose (1960) e A Sombra de Uma Dúvida (1943).



Além das referências diretas, Park Chan Wook também se inspira em Hitchock de maneiras sutis. Seu trabalho de câmera é dinâmico, como vemos no enquadramento de cenas em um ambiente interior ou com o artifício do close-up. Além disso, ele usa de símbolos discretos para ajudar a audiência a entender mais das entrelinhas do que se passa na tela.


"Oldboy", de Park Chan Wook, retorna aos cinemas remasterizado

homem segurando um pedaço de papel na frente de uma mulher

(Divulgação/Tartan Films)


O filme "Oldboy" (2003), um de seus trabalhos mais famosos, foi remasterizado e está de volta aos cinemas Brasileiros 20 anos depois. O longa conta a história de Oh Dae Soo, um homem comum que, no dia do aniversário da filha, bebe muito e passa a noite na delegacia. Depois, ele é sequestrado e fica preso em um pequeno apartamento durante 15 anos. Quando finalmente consegue se libertar, o protagonista inicia uma busca violenta pela pessoa que por trás de tudo.



"Oldboy" faz parte de uma trilogia de vingança, composta também pelos filmes "Sympathy For Mr. Vengeance" (2002) e "Sympathy for Lady Vengeance" (2005). Apesar de serem considerados uma trilogia, um filme não é conectado com o outro, sendo possível assisti-los em qualquer ordem já que cada um conta uma história individual.



A popularidade de "Oldboy" lhe rendeu o remake americano "Oldboy — Dias de Vingança", lançado em 2013 e dirigido por Spike Lee. Além dessas duas versões, temos uma terceira, que seria o produto original: o longa coreano é baseado no mangá japonês homônimo, lançado de 1996 a 1998 e com 8 volumes no total. O mangá difere das suas adaptações pois é mais focado na investigação, com o protagonista agindo como um detetive; algo bem diferente dos longas que se concentram em retratá-lo como um homem violento em busca de vingança.


Projetos futuros de Park Chanwook


Está marcada para 2024 a estreia da série "The Symphatizer", dirigida por Park Chan Wook e que contará com Robert Downey Jr. no elenco. No formato de minissérie, a obra é baseada no livro homônimo do escritor vietnamita Viet Thanh Nguyen. A HBO e a A24 estão entre os produtores da trama, que acompanha um ex-espião comunista franco-vietnamita que lutou na Guerra do Vietnã, foi exilado nos Estados Unidos, e trabalha como consultor cultural em um filme de Hollywood. O elenco ainda terá nomes como Sandra Oh, Hoa Xuande, Fred Nguyen Khan e Toan Le. Robert Downey Jr. está cotado para interpretar diversos personagens na série: um policial da CIA, um congressista e o diretor do filme em andamento nas telas.




Confira o trailer da série:





39 visualizações

Posts Relacionados

Comments


bottom of page