top of page

Veja 6 idols e grupos de K-pop que já demonstaram apoio à causa LGBTQ+

Atualizado: 19 de jun. de 2022

Artistas influentes utilizam da voz e ações para demonstrar apoio dentro de uma sociedade conservadora


(Reprodução/ HYBE/ SM/ Abyss)

Minorias sociais de países como o Brasil, por exemplo, sofrem com as questões de LGBTQIAP+fobia, e na Coreia do Sul o assunto não é diferente. Grande parte da população sul-coreana ainda é muito conservadora, e não aceita as diversidades de gênero e sexualidade da forma como deveria ser. Um exemplo disso é o fato do casamento de pessoas do mesmo sexo ainda não ser legalizado no país. Apesar disso, o discurso de vários artistas sul-coreanos das gerações mais recentes têm ajudado a dar um ar de esperança para essas questões na mídia popular.


Em cenários como esse, se posicionar abertamente e apoiar a comunidade LGBTQIAP+ é muito importante. O Café com Kimchi trouxe uma lista de artistas influentes do K-pop, que já demonstraram apoio à comunidade em gestos e falas.



Red Velvet


Durante um show do grupo na turnê Red Mare nos Estados Unidos, uma fã do Red Velvet entregou a bandeira LGBTQ+ para a integrante Yeri, e pediu para que seria muito importante se ela segurasse; e a cantora ficou um bom tempo com o símbolo. Além disso, a Seulgi publicou uma foto em seu Instagram em que a parede atrás dela tinha o pôster de Azul É A Cor Mais Quente, filme que fala sobre o amor entre duas mulheres.




BTS


O maior boygroup do mundo possui influência com o público com que se comunica, e o posicionamento do BTS é feito em alguns assuntos. O líder do grupo, RM, durante um pronunciamento na Assembleia da ONU, falou sobre o amor próprio e afirmou que “não importa quem você é, de onde é, cor de pele ou sua identidade de gênero: apenas fale por si mesmo”.


Além disso, em uma entrevista para a emissora americana ET em 2017, quando perguntado sobre o que é o amor verdadeiro, RM disse que eles "não tinham namorados ou namoradas"; o que mostra uma vontade em não rotular tal pauta. Em outra conversa para a Billboard, quando a música Same Love de Macklemore & Ryan Lewis foi mencionada (canção que fala sobre o casamento gay), Yoongi também afirmou que não há nada de errado (em relacionamentos do mesmo sexo) e que devemos conviver numa sociedade igualitária.




SUNMI


A solista SUNMI já reconheceu que grande quantidade de seus fãs faz parte da comunidade LGBTQI+. Em uma apresentação de 2019 em Amsterdam, ela disse ter lados diferentes de si e que uma delas era ser uma "rainha LGBT" (no quesito de acolher e abraçar a causa presente em sua fanbase e socialmente), além de se enrolar na bandeira do arco-íris na ocasião. Mais tarde nas redes sociais, Sunmi esclareceu que não estava se assumindo, mas que apoia sim a comunidade como um todo.


Em um de seus showcases, quando perguntada sobre seus fãs LGBTQ+, a artista disse acreditar na igualdade e discorda fortemente de quando alguém tenta forçar crenças tradicionais nas pessoas.




Girl's Generation

A cantora Tiffany, membro do SNSD, já expressou diversas vezes seu apoio à comunidade publicamente. No dia 18 de junho de 2018, a artista publicou uma “carta de amor” para a comunidade LGBTQ+ em comemoração ao Dia do Orgulho, agradecendo ao público por "dar tanto amor, beleza, inspiração e luz" para o mundo, e ainda disse: "eu os apoio e defendo não só hoje, mas todos os dias”.


Outro momento expressivo foi quando a cantora confessou que em sua música Over My Skin, ela não mencionou um homem em específico para que mulheres de orientações fora do heteronormativo também pudessem se identificar. Ainda no Girl's Generation, a integrante Taeyeon defendeu a participação de drag queens nos MVs do grupo para as canções All Night e Dancing Queen.




SEVENTEEN


O líder do Seventeen, S.Coups já foi visto nas ruas usando uma blusa com a bandeira LGBTQ+ nas costas, e o integrante DK foi visto utilizando uma blusa que dizia “roupas não tem gênero”. Mas para além do simples vestuário, durante uma entrevista do grupo ao programa BUILD Series em 2019, uma fã do Seventeen agradeceu pelo apoio que eles dão a comunidad,e e pediu um recado especial para essa parte do fandom. Vernon respondeu dizendo que era muito grato por todo o amor, e concluiu: “eu espero que a gente consiga fazer um mundo melhor juntos, entende? Para todo mundo".





TWICE


Durante um show em 2019, as integrantes Nayeon, Jeongyeon, Mina, e Chaeyoung do TWICE performaram a música Born This Way da Lady Gaga, que fala sobre a autoaceitação e como "você (no caso, o ouvinte) está no caminho" certo para o amor, sendo gay, hétero, lésbica, bissexual e/ou transgênero.


Além disso, Chaeyoung chegou a recomendar aos fãs o filme Carol (2015): um longa que apresenta um romance entre duas mulheres; e falou que qualquer "amor é amor. Você deve assistir ao filme com o coração e mente abertos". Sana também já demonstrou apoiar a comunidade quando disse em uma live que está tudo bem uma família ter duas mães, e que consequentemente saia do padrão da família tradicional: "nem todas as famílias terão um pai e uma mãe (sempre)".



Leia também: conheça 8 personagens LGBTQ+ presentes em doramas


O que achou da lista? Quais idols poderiam entrar entre as citações feitas acima?

710 visualizações

Comentarios


bottom of page