top of page

Estreia com EVERGLOW e mais: Yoo Na Kim, do "TV Clube Coreia", revela o futuro do programa na PlayTV

A apresentadora deu seus primeiros passos no Youtube, passando pela emissora Loading e, agora, está expandindo a cultura coreana na PlayTV


Yoo Na Kim, apresentadora do programa "TV Clube Coreia"
(Divulgação/TV Clube Coreia)

O ano era 2020 quando a Loading se tornou um assunto quente nos nichos de fãs de games e entretenimento asiático. No auge da pandemia, o canal agregou diversos programas para fãs de K-pop e K-drama — incluindo o “TV Clube Coreia”, que reunia públicos dos dois produtos sul-coreanos e sobreviveu ao fim da emissora. Agora, a atração está de volta com tudo na grade da PlayTV.


Idealizado e apresentado pela jornalista e escritora Yoo Na Kim, o “TV Clube Coreia” já existia antes, com transmissão majoritariamente realizada no Youtube. A premissa do programa é tornar a cultura coreana cada vez mais visível e conhecida, de acordo com as palavras da própria criadora, que cresceu sendo chamada de chinesa ou japonesa; mas nunca coreana. A partir disso, Yoo Na notou que precisava expandir o conhecimento sobre a Coreia do Sul no Brasil, longe dos estereótipos e da chuva de desinformações.


"O TV Clube Coreia nasceu de um projeto pessoal, de querer divulgar a cultura coreana. Eu sentia muita necessidade de mostrar minha comunidade de forma verdadeira”, disse Yoo Na, em entrevista exclusiva para o Café Com Kimchi. “Na verdade, há quase 20 anos, depois que estudei e me formei em Comunicação Social em Jornalismo, comecei a fazer pesquisas e meu trabalho foi muito texto, livro... E eu falei: 'Quando eu ganhar dinheiro, vou lançar o meu programa com conteúdo coreano', porque na época da faculdade, 20 anos ou até 10 anos atrás, quem conhecia K-pop ou K-drama [no Brasil]?".



Na programação da PlayTV, o programa estreou no dia 16 de agosto e ocupa espaço no horário de 20h, todas as quarta-feiras. O primeiro episódio exibido na emissora mostrou a entrevista de Yoo Na Kim com o grupo EVERGLOW, realizada em 2019, na época do lançamento do single-album “HUSH”. O timing caiu como uma luva, uma vez que, na mesma semana, o grupo feminino também fez seu recente retorno com a era “ALL MY GIRLS”, que será acompanhada de uma turnê homônima.


"Foi uma das primeiras entrevistas que fiz lá na Coreia, através de um contato de um amigo, e você vê que elas evoluíram, né? Elas são sempre muito simpáticas. Se você ver na frente das câmeras, a forma como elas responderam às perguntas e como elas lidaram com aquele programa, foi [a mesma] atrás das câmeras também. Espero poder receber elas aqui no Brasil”, manifestou a apresentadora.



Da Loading para a nova jornada na PlayTV


O caminho do “TV Clube Coreia” até a grade de conteúdos da PlayTV não foi muito complexo. Como a própria apresentadora destaca, o nicho de profissionais do meio geek e cultura asiática ainda está em crescimento e, por isso, as possibilidades de se aproximar e conhecer um ao outro são mais palpáveis. No caso de Yoo Na Kim, quem a conectou à nova casa do seu programa foi o ex-diretor de programação da Loading, Anderson Abraços.


Meio que aconteceu de forma natural, quando a Loading fechou. Foi uma ótima oportunidade quando o Anderson entrou em contato e falou: "Olha, eu estou na Play TV e a gente queria exibir as novelas coreanas e convidar o 'TV Clube Coreia'". Então, fiquei muito feliz.

O programa está retornando em um período em que o entretenimento sul-coreano está ganhando maior atenção em território nacional, com um aumento significativo na agenda de shows de K-pop e K-dramas que se recusam a abandonar o Top 10 de atrações mais assistidas nas plataformas de streaming. Porém, tanto em sua emissora anterior quanto na atual, Yoo Na Kim ainda percebe a falta de investimento como um grande fantasma que assombra a cobertura especializada dos referidos temas.


“Eu acho que ainda há pouca visibilidade, apesar de ter bastante público; a gente consegue ver isso (a quantidade de consumidores) pelo evento da CCXP, né? A gente tem tantos eventos com a cultura asiática, cultura geek, mas não há tanta visibilidade na parte financeira. Ainda não existem tantos patrocinadores fortes para alavancar o conteúdo coreano em específico — que tem público”, conta.



O que esperar do “TV Clube Coreia” no futuro?


A apresentadora Yoo Na Kim se mostrou otimista quanto a nova fase do programa, que trata não somente de K-pop, mas também aborda culinária, turismo, dramas, beleza, comportamento e eventos relacionados a cultura coreana. "Vai ter novas entrevistas, e nós estamos sempre buscando novidades, né? A gente está fazendo mais parcerias com as emissoras lá da Coreia, e a gente quer não só trabalhar com entrevistas de cantores, mas [também com] atores coreanos.”


Quanto aos conhecidos quadros culinários no programa, o público pode esperar por receitas mais acessíveis e, ainda assim, repletas dos sabores marcantes da cozinha coreana. “Eu quero expandir um pouco mais para as culinárias mais fáceis, para que quem vive sozinho, ou para brasileiros com poucos ingredientes em casa, também consiga experimentar um pouco da comida coreana. Acho que o convívio da cultura da Coreia com a brasileira é algo importante", diz.


Acho que o conteúdo coreano agora consegue ter aceitação tanto do público jovem, quanto das donas de casa, que é o público que mais assiste televisão hoje. Eu fico feliz da gente poder ter esse conteúdo [na TV].

Você pode assistir ao programa na PlayTV, cuja emissora está disponível pelos streamings Soul TV e Zapping, no canal 574 na parabólica e nos principais serviços de TV por assinatura.

101 visualizações

Comments


bottom of page