top of page

[Entrevista] Omega X declara vontade de vir ao Brasil e revela expectativas para o futuro

Atualizado: 19 de mar. de 2023

O grupo promove seu álbum "Story Written In Music" nos Estados Unidos e compartilha em entrevista coletiva o que pretendem alcançar; confira


(Divulgação / Spire Entertainment)

Com turnê em andamento nos Estados Unidos, Omega X tirou um tempo em sua agenda para uma roundtable em que o Café pôde participar e conversar com os integrantes. Na sexta-feira (21), o grupo rookie contou um pouco sobre sua trajetória durante o primeiro ano em conjunto, como é estar em turnê e suas expectativas para o futuro, incluindo os países que deseja visitar. Conheça mais sobre o boygroup e o que eles têm vivido desde sua estreia.



Jaehan, Yechan, Kevin, Xen, Hangyeom, Hwichan, Hyuk, Jehyun,Taedong, Junghoon e Sebin formam o grupo agenciado pela SPIRE Entertainment, e é a junção de integrantes que já fizeram parte da formação de outros grupos ou que participaram de survival shows, agora eles têm uma nova chance na carreira. Os rapazes já estão fazendo seu nome no k-pop e criando memoráveis feitos, como composições próprias e a primeira turnê internacional, que tem sido uma experiência divertida mas também desafiadora. “O processo de se locomover, ir de um lugar para o outro é um pouco desafiador para mim, pois acontece muito rápido, mas quando penso nos amor que os fãs tem por nós, tudo vale a pena”, conta Hwichan.


Atualmente o boygroup encerrou sua turnê nos Estados Unidos, passando por 11 cidades. Além do país da América do Norte, os membros mostram animação para conhecer outros países, como foi citado por alguns deles, Paris, Espanha e também o Brasil, que junto com outros países da América do Sul tiveram a presença do grupo cancelada. Os concertos estavam previstos para ocorrer em setembro, e o grupo estaria em São Paulo no dia 28 daquele mês.“Quando descobrimos que nos apresentaríamos no Brasil, ficamos muito animados, principalmente Jaehan que já esteve no país. Estávamos muito ansiosos, infelizmente tivemos que cancelar, espero que possamos ir em breve conhecer e performar para nossos fãs brasileiros”, conta Hangyeom ao Café.

A tour Connect: Don’t Give Up promove a discografia do grupo, principalmente seu projeto mais recente, Story Written In Music, um álbum com 12 faixas assinadas por alguns dos integrantes. Compor já é uma atividade que tem se tornado mais comum entre os idols, e isso não tem sido diferente para Omega X, que mesmo completando apenas um ano de lançamento, já estão por trás dos versos das faixas.





A subunit dos sonhos do Omega X e outros desejos


Embora esse seja um feito animador, os membros são bem ambiciosos e também buscam alcançar outros aspectos dos bastidores e produção, tanto dos álbuns quanto dos shows. “No momento de criar o design de um álbum é muito importante focar nas tendências atuais, tenho certeza de que eu poderia fazer isso muito bem, escolher conceitos minimalistas, sustentáveis e simples, eu amaria participar do design dos nossos próprios álbuns”, idealiza Sebin enquanto Hangyeom pensa que gostaria de decidir o que poderia estar por trás do conceito de um álbum e Yechan, deseja fotografar os membros.


O grupo valoriza muito a liberdade em poder compor músicas e torcem para dar um passo à frente para desenvolverem as habilidades citadas. Os integrantes também demonstraram muita empolgação com a ideia de se dividirem em subunits, já que alguns já estão familiarizados a produzirem músicas juntos, eles se imaginam em conjunto em sub grupos, onde surgiu várias sugestões de nomes para as subdivisões, levando os sobrenomes dos integrantes.


Seja cantando ou compondo, o grupo é muito satisfeito pelas suas conquistas até agora, relembrando que esse ano em junho fizeram o primeiro aniversário de seu debut. Eles afirmam que foi um ano de altos e baixos, em que trabalharam e continuam trabalhando incansavelmente, “são os fãs que nos motivam a seguir em frente, por eles estamos performando, cantando e produzindo sem parar!, conta Junghoon, e os outros membros concordam.


É uma oportunidade na vida que nem todos têm a chance de experimentar, então somos muito gratos aos nossos fãs por isso.



Nem sempre a vida de uma estrela é fácil, e como qualquer pessoa, os membros do grupo também se sentem cansados, mas também lutam contra alguns momentos difíceis que os deixam a ponto de desistir. Lembrando que o nome da tour é Connect: Don't Give Up, eles respondem em conjunto que além de serem guiados pelo amor dos fãs, ver o trabalho duro um do outro também é motivador.


Não desistir um pelo outro é o nosso lema durante a turnê.

Muitas expectativas são criadas conforme os corações de mais fãs são conquistados, então o boygroup não deixou de citar o que pretendem alcançar no próximo ano. "Gostaria de viajar o mundo todo, essa é nossa prioridade. Mas ganhar prêmios seria incrível também, claro que temos que trabalhar duro para que isso aconteça", planeja Sebin.



Quem são os membros?


(Reprodução / SPIRE Ent.)

Cada membro do grupo tem seu passado já como artista antes de se tornarem Omega X, muitos estiveram em outras boybands e chegaram a participar de realities de sobrevivência, outros ainda fazem parte de conjuntos que estão em hiatus, e assim podem se dedicar ao grupo atual. Jaehan e Taedong participaram da 2ª temporada do Producer 101, Hyuk, Junghoon e Kevin fizeram parte do grupo ENOI, que disbandou em janeiro enquanto Xen e Jehyun estiveram no 1TEAM, que teve seu disband anunciado em março.


Mas não só na carreira musical, alguns deles estão presentes nas telas. Sebin fez pequenas aparições em filmes como Cart (2014) e Mourning Grave (2014). Além disso, Yechan e Jaehan estão confirmados para contracenar juntos no BL coreano A Shoulder To Cry On, que está previsto para sair esse ano, ainda sem data oficial.


Esse é Omega X, que tem seguido à risca o título da turnê Connect: Don't Give Up, e correndo atrás de seus objetivos. Não deixe de acompanhar nossas redes sociais para saber mais sobre o boygroup.




184 visualizações
bottom of page