top of page

Eyes On You: Kangta retorna após 14 anos com um álbum R&B de acalmar a alma

O álbum é uma comemoração aos 26 anos de carreira do artista; confira mais sobre a trajetória do ex-H.O.T

(Divulgação / SM Ent)

Na última quarta-feira (07), Kangta, ex- H.O.T., fez seu tão aguardado comeback após 14 anos sem lançar álbuns. Eyes On You é uma forma do músico comemorar seus 26 anos de carreira, desde o debut com o grupo H.O.T. em 1996. O lançamento contém 10 faixas novas com referências de R&B, além de letras e melodias que transmitem tranquilidade e bons sentimentos.


A faixa título leva o mesmo nome do álbum e fala sobre amor e sobre estar com quem se ama. Além disso, o álbum conta com as músicas Skip, que é uma colaboração com o Taeyong do NCT, Love Song, Bucket List, The One, Persona 2022 e mais. O álbum inteiro passa pro ouvinte calmaria, bem good vibes, perfeito para ouvir durante o dia a dia ou para relaxar.



Mesmo após anos sem lançar nada próprio, o Kangta vinha trabalhando com produções para outros artistas da SM Entertaiment, empresa onde ele é um dos diretores criativos. Agora, com Eyes On You, ele mostra que talento não some com a idade. O músico consegue envolver com as músicas suaves e esbanja habilidades como songwriter — não é a toa que tenha escrito grande parte das músicas de seu antigo grupo e para outros artistas! O novo álbum é uma verdadeira obra de arte, um ponto zen no meio da pressa e do estresse.



Além do ótimo trabalho nesse novo álbum, o artista tem uma carreira bem extensa e com muitos sucessos. Pensando em toda a importância do Kangta para o k-pop, o Café fez um compilado com destaques desse homem mega talentoso nos últimos 26 anos para você conhecer um pouco melhor um dos pioneiros da indústria. Confira após a publicidade.



H.O.T.


(Reprodução / SM Ent)

O H.O.T. debutou em 1996, sob o selo SM Entertainment, com cinco membros: Lee Jae-won, Moon Hee-joon, Tony An, Jang Woo-hyuk e Kangta. O estilo musical do grupo era mais voltado para baladas, rock e rap, para combinar com o gosto dos jovens da época. Kangta foi o primeiro a ser selecionado para o boygroup, porque o dono da empresa, Lee Soo-man, o viu dançando em um parque de diversões, o Lotte World. Os demais membros foram selecionados da forma que conhecemos hoje: por meio das audições e concursos de dança.


O primeiro álbum dos meninos, We Hate All Kinds Of Violence, foi lançado em setembro de 1996 e fez com que eles chegassem ao topo das paradas musicais coreanas logo de cara. Nos anos seguintes, H.O.T. lançou mais quatro álbuns de estúdio, três live albums e ganhou vários prêmios, como de Melhor Artista Novo, Melhor Álbum e Melhor Artista no Golden Disc Awards. Eles são conhecidos como o primeiro grupo a fazer muito sucesso lá na 1° geração do kpop e também como um dos pioneiros da Hallyu Wave.


Infelizmente, o grupo deu disband em 2001; conforme os contratos iam chegando ao fim, existiram boatos que o encerramento seria por falta de verba da empresa para manter o grupo, mas nada confirmado. Kangta e Moon Hee-joon receberam ofertas da própria SM, e o restante formou o grupo JTL, em outra gravadora. Todos mantiveram uma carreira consideravelmente bem sucedida, mesmo após a separação do boygroup.



Carreira solo e songwriter de sucesso


(Divulgação / SM Ent.)

Ainda em 2001, ele lançou seu primeiro álbum solo, o Polaris, seguido de Pine Tree, em 2002, Persona, em 2005, e Eternity, em 2008, e todos foram muito bem recebidos pelo público. Das 32 músicas lançadas entre 2001 e 2010, todas tem participação do cantor, seja na composição da letra, seja na produção da música, ou na frente de ambos os aspectos.


Na sua carreira, Kangta compôs várias músicas, não só para si mesmo, como para muitos artistas que nós conhecemos, como: Girls’ Generation, BoA, Lee Ji-hoon, Fly to the Sky e, óbvio, para seu grupo H.O.T., enquanto ainda estavam juntos. Além disso, ele participou de um grupo chamado S (Supreme), com Shin Hye Sung e Lee Ji-hoon, em que ele também escreveu parte das músicas que foram lançadas. No site do KOMCA (Korean Music Copyright Association), há mais de 90 músicas com o Kangta como compositor.


Da indústria musical para as telas


(Divulgação / KBS)

Além de ser uma grande referência na indústria do kpop você sabia que ele também é um grande ator? Kangta já está familiarizado com as telas desde 2002, quando fez seu primeiro filme interpretando ele mesmo, em um filme satírico sul-coreano chamado Emergency Act 19. Em 2005, ele fez sua estreia no mundo dos k-dramas com Magic Touch of Fate e Loveholic. Depois disso, ele fez mais dois filmes e seis dramas, sendo sua última produção em 2017 no drama Tri-Path Journey, um drama chinês.






65 visualizações

Posts Relacionados

Comments


bottom of page