top of page

Review | D.O. do EXO lança "BLOSSOM", mini-álbum pleno de conforto e autoconfiança

Atualizado: há 6 dias

Cantor lança seu primeiro projeto solo após deixar SM Entertainment, agora em nova empresa


Nota dada em canecas para o álbum Blossom

imagem. de divulgação de Blossom, album de d.o kyungsoo
(Divulgação / SooSoo Company)

Apenas oito meses após Expectation, seu segundo mini-álbum, D.O. faz seu comeback com BLOSSOM, que chegou às plataformas na última terça-feira (7). Embora seja muito linear com todas as propostas que segue como solista, o terceiro projeto solo do membro do EXO marca um momento crucial de sua carreira, entre elas, a mudança para uma empresa independente. 


BLOSSOM é composto por seis novas faixas inéditas, entre elas Popcorn, que foi lançada como pré-single, e a faixa-título Mars. As músicas são cheias da mais pura essência do D.O., que agora, como solista, assume o nome Doh Kyungsoo, após finalizar seu contrato com a SM Entertainment e assumir a gestão de sua própria carreira na SooSoo Company, empresa que gerencia com Nam Kyungsoo, antigo manager do EXO





Resumindo o projeto sem entrar em muitos detalhes, BLOSSOM caminha entre um Kyungsoo que já vimos, mas com uma pontinha de algo a mais, tanto musicalmente quanto em sua essência. Dessa vez, o cantor vem com um álbum animado e cheio de leveza, características que ornam muito bem com sua nova fase: em sua própria empresa e gerenciando sua carreira solo da forma que preferir, com liberdade para arriscar da forma como quiser. 



Além das duas faixas citadas, BLOSSOM vem com uma sequência bem equilibrada e que faz sentido. Embora cada uma das músicas tenha sua essência única, a forma como são posicionadas no álbum dão a sensação de linearidade, começando por canções animadas, como Simple Joys, que fica entre a title e o pré-single. E conforme o álbum acontece, ele se torna ainda mais leve e calmo, com Good Night, My Dear e About Time, que dão um tom mais sensível e suave, através de suas melodias e os vocais de Kyungsoo.





A estética de BLOSSOM e conexões


Impossível citar todas as características do novo projeto de D.O. e deixar a estética passar batido. Cores vivas, um pézinho no retrô e muitos elementos chamativos, como uma presença volumosa de flores coloridas utilizadas em Mars e as milhares de pipocas que dominam o cenário em todo videoclipe de Popcorn


Vale ressaltar também que o álbum parece, talvez ou não intencionalmente, buscar resgatar um pouco da essência de Empathy, primeiro projeto solo de Kyungsoo, já que vem com alguns elementos muito parecidos, como o uso da bicicleta no MV de Mars, que está presente também em Rose, title de seu debut. Além de também, um ensaio fotográfico muito similar, com muitos elementos naturais, em ambiente externo, com flores, e além de um conjunto bege e óculos de grau, bem como os que utilizou em sua estreia solo. 


kyungsoo blossom e empathy
(Divulgação / SM Ent. / SooSoo Company)



Tais características mostram uma breve conexão entre as duas eras. Mas apesar disso, BLOSSOM vem um pouco mais maduro, cheio de leveza e personalidade. É muito satisfatório ver Kyungsoo em sua mais pura essência, ainda mais confiante, combinando um pouco do que já vimos, com uma evolução artística e estética. A sensação que ele provoca, é de sempre querer ouvir mais músicas em sua voz.  




21 visualizações

Commenti


bottom of page